BRASIL: Câmara e Senado se manifestam sobre morte de Hugo Chávez

Compartilhar

 

O presidente venezuelano morreu nesta terça-feira (5), em Caracas, aos 58 anos, vítima de câncer.

 
Por Portal Vermelho Quarta-feira, 6 de março de 2013

O presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB-RN), enviou, nesta quarta-feira (6), à Assembleia Nacional da Venezuela, uma carta de condolências pela morte do presidente Hugo Chávez. Alves afirma que "a ausência da sua personalidade carismática (de Chávez) será certamente sentida não apenas na Venezuela, mas por todos aqueles que partilham ideais de justiça, democracia e inclusão social. A carta está direcionada ao presidente da Assembleia venezuelana, Diosdado Cabello Rondón.
Henrique Eduardo Alves pede ainda que seus votos, em nome da Câmara dos Deputados, sejam transmitidos à família de Chávez.
O Presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) também se manifestou sobre a morte de Chávez. Em nota oficial, ele disse que “seu relevante papel no quadro venezuelano e regional e sua grande amizade pelo Brasil marcaram sua gestão à frente do Governo da República Bolivariana da Venezuela”.
Ele disse ainda que “neste momento de dor e de pesar, o povo da Venezuela conta com a plena solidariedade do povo brasileiro, representado no Congresso Nacional”, ao apresentar as condolências “a seus familiares, ao Parlamento venezuelano e ao povo amigo da Venezuela”.
O presidente venezuelano morreu nesta terça-feira (5), em Caracas, aos 58 anos, vítima de câncer.

 
 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais