BRASIL: Falcão: PT segue atuando para regular mídia

Compartilhar

 

Segundo o presidente do partido, é um direito do governo não enviar o projeto por conta da correlação de forças, mas sigla vai se associar às entidades que estão querendo convencer a sociedade de que esse marco é necessário; ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, declarou que acha "incompreensível" que o partido misture regulação da mídia com investimentos

 
Por Brasil 247 Sexta-feira, 22 de março de 2013

A questão do marco regulatório da mídia tem desgastado a relação do PT com o Planalto. O presidente do PT, deputado Rui Falcão, reconheceu ontem que o governo federal não vai mais tocar no assunto até o fim do mandato da presidente Dilma Rousseff.
Segundo a Folha, Falcão afirmou que é "um direito do governo" não enviar o projeto por conta da "correlação de forças". "Mas o partido, como é diferente do governo, vai se associar às entidades que estão querendo convencer a sociedade de que esse marco é necessário. Tenho a expectativa de que vai acabar saindo."
Nesta quinta-feira, o membro da direção nacional do PT, Valter Pomar criticou as declarações do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que acha "incompreensível" que o partido misture regulação da mídia com investimentos. O ministro petista repudiou um marco regulatório para jornais e revistas.
"Se coubesse adotar o termo `incompreensível` utilizado pelo ministro, poderíamos dizer que incompreensível é postergar para um futuro incerto o marco regulatório", criticou o dirigente petista.
No início do mês, uma resolução do diretório nacional petista pedia a Dilma que revisse a decisão de adiar o envio de projeto sobre o tema ao Legislativo. No governo Lula, o ex-ministro da Comunicação Social Franklin Martins elaborou um projeto, mas Dilma decidiu não levar o debate para frente.
O jornalista Breno Altman, por sua vez, publicou duro artigo defendendo que o PT exigisse a cabeça do ministro Paulo Bernardo ( Clique aqui e saiba mais ).

 
 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais