BRASIL: “Não somos apenas aliados, somos companheiros”, afirma Lula nos 91 anos do PC do B

Compartilhar
 
                        (Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula)                       

Ex-presidente participa da comemoração do 91º aniversário do Partido Comunista do Brasil.

O ex-presidente Lula participou nesta segunda-feira (25) da comemoração dos 91 anos do Partido Comunista do Brasil (PC do B) ao lado do presidente nacional da sigla, Renato Rabello, do presidente nacional do PT, Rui Falcão, de presidentes de partidos aliados, do presidente da Câmara de Vereadores, José Américo e do vereador Orlando Silva, proponente da sessão e presidente estadual do PC do B em São Paulo.

Para baixar fotos em alta resolução, visite o Picasa do Instituto Lula.

Em seu discurso, Lula destacou que “não foram poucas as lutas que o partido promoveu ou apoiou” e que elas resultaram em avanços importantes para o país. Ele destacou ainda a confluência de objetivos entre o ele e o PCdoB: “não temos apenas interesses em comum – temos os mesmos compromissos de vida”.

Renato Rabello lembrou que o partido é co-protagonista do processo pelo qual o Brasil tem passado nos últimos dez anos. Ele ressaltou que ainda há muito a ser feito: “Estamos seguros dos êxitos alcançados, mas é preciso continuar avançando”. Rabello afirmou que seu partido sabe dos desafios que se apresentam e da responsabilidade de seu partido em enfrentá-los. Reafirmou o papel crucial que a coalização hoje constituída tem nesse processo.

A ministra Marta Suplicy, que representou a presidenta Dilma Rousseff no evento, destacou o papel do PC do B na defesa dos oprimidos e dos excluídos. Ela disse fazer questão de reconhecer publicamente o apoio do partido e de seus militantes e terminou com votos de “longa vida ao PC do B”.

Estiveram presentes também o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, o vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, o governador Jaques Wagner e a vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão.

Abaixo a íntegra do discurso do ex-presidente Lula em áudio e texto:

“Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar o PC do B que nesses 91 anos de trajetória em muito contribuiu para grandes realizações do povo brasileiro. Neste período, não foram poucas as lutas que o partido promoveu ou apoiou, e tenho certeza de que elas resultaram em avanços significativos para a democracia e a soberania nacionais.

Ao longo de sua história, este partido deu ao país inesquecíveis combatentes da liberdade e da justiça, como João Amazonas, Pedro Pomar, Maurício Grabois e Elza Monerat, entre tantos outros homens e mulheres admiráveis.

O PC do B se consolidou como um partido importante na vida brasileira. Com vigorosa presença nas organizações da juventude, dos trabalhadores urbanos e rurais, das mulheres e em vários outros movimentos sociais. Com atuantes bancadas parlamentares e reconhecidas experiências de gestão municipal. Com uma contribuição marcante aos governos estaduais progressistas e, desde 2003, uma participação notável no governo federal.

Tenho laços de profunda amizade com os dirigentes e militantes do PC do B. Não somos apenas aliados, somos companheiros. Não temos apenas interesses em comum – temos os mesmos compromissos de vida, as mesmas causas históricas. Entre nós, mais do que respeito, existe confiança, construída durante trinta anos de lutas e esperanças compartilhadas. E existem afeto e carinho, tão importantes na vida de cada um de nós.

A parceria estratégia entre PC do B, o PT e os demais partidos da base aliada do Governo Federal tem permitido que grandes avanços sejam conquistados em nosso país. Nestes 10 anos de governos democráticos e populares, consolidamos um modelo de governo onde o povo é o ator principal. Tiramos milhões de pessoas da miséria, criamos empregos, reposicionamos o Brasil no cenário internacional e continuamos trabalhando para avançar cada vez mais. O papel do PC do B nesse processo foi, tem sido e, tenho certeza que continuará sendo fundamental;

Agora também na Prefeitura de São Paulo, o PC do B tem sido um importante aliado para começarmos a mudar a cara da gestão desta cidade que, durante tanto tempo, esteve a serviço apenas de uma minoria. Tenho certeza que a administração do prefeito Fernando Haddad e da vice-prefeita Nádia Campeão, que concretiza essa aliança, trará melhorias significativas à vida do povo de São Paulo;

Parabenizo ainda meu amigo Orlando Silva, que foi nosso ministro do esporte e agora assume a presidência do PC do B no estado de São Paulo e o companheiro Jamil Murad, que assume a presidência municipal do partido;

Amigos e amigas, termino lembrando que aniversários são datas comemorativas muito importantes não apenas para celebrar o que foi feito como também para projetar o que está por vir. Muito fizemos pelo Brasil nos últimos anos e hoje temos um país que alcançou um patamar nunca antes imaginado. Mas ainda há muito a ser feito. O caminho para que o povo brasileiro viva com dignidade plena ainda é longo. A manutenção da nossa parceria, da nossa sintonia em torno de um objetivo comum é fundamental para que nossos objetivos sejam alcançados.

Parabéns aos dirigentes e militantes do PC do B. Parabéns a todos os homens e mulheres que lutam pela emancipação do povo brasileiro.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais