Dilma chega hoje a Assunção para a posse do novo presidente

Compartilhar

 

A presidenta Dilma Rousseff deve desembarcar hoje (14), por volta das 20h, em Assunção, no Paraguai, para participar da cerimônia de posse do presidente eleito, Horacio Cartes, marcada para amanhã (15)

 
Por Agência Brasil
Quarta-feira, 14 de agosto de 2013


Dilma será a primeira chefe de Estado a cumprimentar Cartes e aproveitará a ocasião para reiterar o convite para o Paraguai retornar ao Mercosul e à União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

Porém, o novo governo do Paraguai indica resistência ao ingresso da Venezuela no Mercosul e sua presidência pro tempore do bloco. Na tentativa de acabar com as divergências, integrantes do grupo examinam a possibilidade de o Paraguai assumir o comando do bloco, em dezembro, quando termina o período da Venezuela na presidência temporária.

A tensão entre o Paraguai e a Venezuela se refletiu na ausência de convite para o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, participar da solenidade de posse de Cartes. Pelas informações da Presidência da República do Paraguai, estarão presentes na cerimônia os presidentes Dilma Rousseff, Cristina Kirchner (Argentina), José Pepe Mujica (Uruguai), Sebastián Piñera (Chile), Ollanta Humala (Peru) e Ma Ying-jeou (Taiwan).

As cerimônias amanhã começam às 7h, com sessão solene no Congresso Nacional, à qual estará presente o atual presidente paraguaio, Federico Franco. Formalmente, os parlamentares serão chamados a participar da transmissão do poder para Cartes. Às 8h30, haverá o juramento de posse.

Após o juramento, Cartes anuncia a nomeação de sua equipe ministerial. Às 10h, haverá a cerimônia de entrega das chaves da cidade de Assunção aos presidentes estrangeiros e ao príncipe de Astúrias. Em seguida, será comemorado o aniversário de 476 anos da capital paraguaia. Às 11h15 estão previstos encontros das delegações estrangeiras com o novo presidente.

Dilma deve participar de almoço oferecido pelos paraguaios aos estrangeiros. A previsão é que ela retorne ao Brasil em seguida. Haverá ainda festa popular com espetáculos musicais em homenagem ao aniversário de Assunção.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais