PT lança as 13 tarefas militantes para a arrancada final

Compartilhar

Jacy Afonso, coordenador Mobilização da Campanha da reeleição da presidenta Dilma Rousseff, e o Secretário de Organização PT Nacional, Florisvaldo Souza, elaboraram uma lista de 13 itens para ajudar a militância a se engajar na reta final de mobilização.

Veja abaixo os itens:

  1.     Ganhe votos

Não deixe para o segundo turno. A hora é agora. Aproveite todas as oportunidades para debater com as pessoas. Peça voto à manicure, ao barbeiro, ao atendente da lotérica, a sua família, aos colegas de trabalho, aos frequentadores de sua igreja, aos seus colegas de escola, aos seus companheiros de movimento sindical e dos movimentos sociais.

  1.     Expresse o seu voto

Mostre que você vota na Dilma. Vista a camisa. Carregue com orgulho a bandeira, adesive seu carro, sua pasta, seu celular. Vá para a rua demonstrando sua crença no projeto “Mais Mudanças, mais Futuro”.

  1.     Participe das mobilizações

Vá a carreatas, bandeiraços, panfletagens e outras atividades convocadas pela coordenação local da campanha.

  1.     Seja um mobilizador

Organize reuniões no seu bairro, promova bandeiraços e panfletagens na vizinhança, na sua rua, na porta de uma faculdade, nos espaços de sua convivência.

  1.     Tenha sempre material em mãos

Procure os comitês e pegue material para divulgar a campanha. Para subsidiar os debates, consulte os sites www.dilma.org.br ewww.mudamais.org.br.

  1.     Caia nas redes sociais

Use o avatar da Campanha, faça declarações de voto, compartilhe informações, divulgue a verdade, debata de forma propositiva, com foco no programa da Dilma.

  1.     Não aceite provocações

O desespero e o ódio não devem ganhar da esperança e da certeza da continuidade das mudanças.

  1.     Esclareça como se vota

Auxilie as pessoas para votarem corretamente. As “colinhas” são ferramentas determinantes e esclarecedoras nessa reta final.

  1.     Seja propositivo

Foque nas propostas e realizações do governo. Dilma. A hora é de fixar exclusivamente na nossa campanha. Queremos reeleger Dilma Presidenta porque queremos mais mudanças e mais futuro.

  1.   O voto é 13

Na urna eletrônica se vota pelo número dos candidatos. Ajude a esclarecer o número correto da mudança. O número da Dilma é 13.

  1.   Use vermelho

No dia da eleição, use roupa vermelha, Leve sua bandeira. Expresse seu voto com adesivos. A manifestação silenciosa, além de ser permitida, é importante.

  1.   Fiscalize e Denuncie

Ajude na lisura das eleições. Seja um fiscal de todo o processo eleitoral. É importante ter telefone e e-mail do comitê local. Caso presencie alguma irregularidade, comunique às autoridades responsáveis.

  1.   Não deixe para o segundo turno

 

Eleição só acaba com todos os votos contados. Não é hora de diminuir o ritmo da campanha. Ao contrário, é o momento de intensificar nosso trabalho. Cada voto é importante. Não podemos perder voto algum.

Fonte: Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais