Petrobras está de pé e deu a volta por cima, afirma Dilma

Compartilhar

 

A presidenta Dilma Rousseff saiu em defesa da Petrobras em cerimônia de entrega de moradias pelo Minha Casa, Minha Vida, em Duque de Caxias (RJ), nesta quinta-feira (9).

“A Petrobras limpou o que tinha de limpar, tirou aqueles que tinha de tirar de lá de dentro e que se aproveitaram de suas posições para enriquecer os próprios bolsos. Mas a Petrobras continua de pé”, disse.

“E mais, vocês podem ter certeza de uma coisa, podem ter certeza: esta empresa não só já deu a volta por cima, como ela, hoje, mostrou a que veio. A Petrobras bate todos os recordes”, completou;

Durante pronunciamento na entrega das 500 casas na cidade carioca, Dilma ressaltou o compromisso dos governos estadual e municipal em parceria com o governo federal na construção do conjunto residencial.

“Eles são comprometidos com os interesses da população da baixada e de Duque de Caxias. Estamos aqui representando essa parceria que deu certo, porque dá certo quando a gente consegue mostrar o que foi feito”, destacou a presidenta.

Para a presidenta, as famílias, agora transferidas de uma área de risco e antes vítimas de constantes alagamentos, poderão seguir um novo caminho.

“Pegamos juntos e fizemos o que considero uma obra de dignidade, antes de ser uma casa com cimento e argamassa. Muitos de vocês vieram de áreas alagadas, afetadas por enchentes, que foram comprometidas porque não eram adequadas para ter moradias para abrigar crianças e jovens”, destacou a presidenta.

Além disso, Dilma relembrou que o Minha Casa, Minha Vida terá continuidade até 2018 e que, até lá, serão contratadas novas três milhões de moradias.

“Aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de participar do programa, de se cadastrar e ter acesso à sua casa própria, vão ter”, garantiu a presidenta.

Dilma também relembrou que a Petrobras receberá nos próximos dias, em Houston (EUA), o maior prêmio concedido a uma empresa de petróleo, por causa da sua capacidade de inovação e pela qualidade de seus funcionários.

“Não se deixem enganar, a Petrobras nos dará muito orgulho. Muito mais do que já nos deu até hoje”, vaticinou a presidenta.

Fonte: Agência PT

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais