Petistas denunciam manobra para votação da reforma política

Compartilhar

 

A votação do relatório final da Comissão Especial da Reforma Política, marcada para esta segunda-feira (25), foi cancelada. A determinação partiu do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Assim, o projeto será debatido e votado diretamente no plenário da Casa, a partir desta terça-feira (26). Parlamentares do PT contrários à proposta denunciaram a manobra que ignora o trabalho da comissão.

“Trabalho de 4 meses da comissão jogado no lixo. A proposta da OAB, da CNBB e de mais de 100 entidades foi solenemente ignorada”, denunciou o deputado Alessandro Molon (PT-RJ), em sua página no Twitter, no início da noite.

A comissão especial foi encerrada sem a votação do relatório final produzido após meses de debates e consultas públicas.

Para Molon, os parlamentares debaterão o tema em meio a um “cenário confuso”, em que vai imperar a “pressa e a falta de discussão qualificada”.

A bancada do PT na Câmara é radicalmente contra as propostas do texto de estabelecer o sistema de “distritão” e favorável a doação empresarial de campanha.”Isto não é reforma política de verdade!”, condenou Molon.

A deputada Margarida Salomão (PT-MG) também usou a rede social para criticar a decisão de última hora.

“A #ReformaPolitica agora será tratada diretamente no Plenário. Em uma manobra política, o relatório da Comissão Especial foi descartado”, também denunciou.

O relator da comissão, Marcelo Castro (PMDB-PI), também criticou a decisão, que classificou como “desrespeito”.

“Eu acho uma completa falta de respeito. Não ao relator em si, mas ao relator e aos 68 membros da Comissão”, declarou à imprensa.

Para Castro, o trabalho da comissão será substituído pela posição do relator em Plenário, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Que vai fazer em cinco minutos aquilo que nos fizemos em três meses”, denunciou.

Fonte: Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais