Liderança de Dilma em inclusão social é inquestionável, elogia criador do Facebook

Compartilhar

 

A presidenta Dilma Rousseff foi homenageada, na quarta-feira (1º), durante almoço oferecido pela ex-secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice. Participaram do encontro o presidente do Google, Eric Schmidt, o diretor do Linkedin, Mike Calahan, o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, o ex-secretário de Estado, George Shultz, além dos integrantes da comitiva brasileira em viagem aos Estados Unidos.

Zuckerberg elogiou o protagonismo da presidenta nas ações de redução da desigualdade social do Brasil, como o Bolsa Família. “A liderança da presidenta Dilma em promover a inclusão social é inquestionável”, declarou.

“Isso permite às pessoas ter oportunidade de crescer e mudar suas próprias vidas”, acrescentou.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda reconhecido mundialmente. Atualmente, mais de 14 milhões de famílias brasileiras são beneficiárias. O governo federal destina quase R$ 30 bilhões por ano para reduzir a pobreza e a pobreza extrema. Em janeiro, cada beneficiário recebia valor superior a R$ 167.

O criador da maior rede social do mundo ressaltou o empenho de Dilma para democratizar a educação e o acesso à tecnologia. “Reconheço a importância de programas como o Ciência Sem Fronteiras”, disse.

Desde julho de 2011, quando foi criado, o Ciência Sem Fronteiras concedeu bolsas a mais de 78 mil estudantes brasileiros. Cerca de 28% deles vão para o Estados Unidos, maior polo recebedor de bolsistas.

Internet – Dilma lembrou que, nas duas gestões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Brasil “saiu da escuridão” com o programa Luz para Todos e que, agora, o desafio é ampliar o acesso à banda larga.

A pretensão do governo brasileiro é garantir que, até 2018, a internet banda larga chegue a 95% da população. O anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, no fim de abril.

Fonte: Agência PT de Notícias, com informações do Portal Brasil

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais