Seminário do PT propõe melhorias organizativas ao partido

Compartilhar

 

No encerramento do Seminário Nacional de Organização Partidária do PT, ocorrido em São Paulo, na quinta e sexta-feira (27 e 28), o presidente Nacional da sigla, Rui Falcão, pediu a lideranças e militantes empenho e dedicação no diálogo sobre propostas organizativas que foram discutidas no encontro, em suas regiões.

O dirigente ressaltou a importância de ampliar o diálogo com a base e fortalecer o PT nas bases. “O fortalecimento do PT e a defesa da democracia é de responsabilidade de cada um aqui”, disse.

O seminário promoveu mesas de debates sobre formação política, sustentação financeira do PT e comunicação. Outros pontos como filiação partidária, juventude, mulheres, ação política-partidária, PED (Processo de Eleição Direta) e a relação partido, movimentos e governo também foram discutidos.

O debate sobre formação política foi coordenada pelo Secretário Nacional de Formação do PT, Carlos Árabe, e foram sugeridos pontos importantes para a estrutura da sigla, como a importância da formação continuada dos militantes, o uso da internet para qualificação dos dirigentes, por meio de vídeo-aulas, a instalação de bibliotecas físicas em todos os diretórios estaduais e investimento na formação política.

O vice-presidente do PT e coordenador de Mídias Sociais, Alberto Cantalice, e o secretário Nacional de Comunicação, José Américo, coordenaram o debate sobre a comunicação do partido. Eles apresentaram dados positivos do trabalho que tem sido feito, explicaram sobre o massacre midiático que o PT tem sofrido, destacando a linha editorial que o partido adota e as dificuldades de disputar com os grandes veículos de comunicação.

Outros pontos como: a criação de um jornal impresso do partido, a criação de um conselho de comunicação, o apoio a iniciativas dos núcleos digitais, a formação e qualificação de dirigentes com foco nas redes sociais e o apoio a rádios e iniciativas de comunicação comunitárias também foram levadas como sugestões do debate.

“Nós estamos montando uma estratégia para que as resoluções aprovadas no 5º Congresso, em conjunto com os diretórios estaduais, sejam colocadas em prática, inclusive a elaboração de um jornal impresso, a potencialização das nossas redes sociais e o aprimoramento da Agência PT de Notícias”, informou Cantalice.

No debate sobre a Sustentação Financeira do PT, coordenado pelo secretário Nacional de Finanças e Planejamento do PT, Márcio Macedo, foram discutidos o funcionamento e aplicação dos recursos financeiros do partido, a criação de um fundo para ações regionais, a melhoria do SACE (Sistema de Arrecadação de Contribuições Estatutárias), e a importância do esclarecimento à militância sobre o fundo partidário.

Também foi apresentado o novo sistema de contribuição do PT: Seja Companheiro, criado após a decisão da sigla de não receber doações de empresas privadas.

“Nós estamos vivendo um momento de busca de alternativas de sustentabilidade para o PT, e é fundamental a sustentação-militante em virtude dessa nova conjuntura que o partido enfrenta no país”, afirmou Márcio Macedo.

Todas as deliberações foram encaminhadas para os diretórios estaduais e serão discutidas e algumas colocadas em práticas para fomentar as boas práticas na administração petista fortalecer o PT nas bases.

Fonte: Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais