Tenho convicção que Dilma chegará ao final do mandato

Compartilhar

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está convicto que a presidenta Dilma Rousseff chegará ao final do seu mandato “muito bem”.

“Qualquer coisa contrária a isso seria pisotear a Constituição. Não existe amparo legal para tirá-la”, afirmou Lula durante entrevista ao jornalista Roberto D’Ávila, da Globo News. A entrevista foi ao ar nesta quarta-feira (18).

Ajuste fiscal, educação e combate à corrupção foram outros temas discutidos na conversa com D’Ávila.

“A coisa mais fantástica é que se acabou o cerceamento às investigações no Brasil. Nada mais vai para debaixo do tapete”, destacou Lula, lembrando que ele, quando presidente da República, não escolheu um procurador-geral “engavetador”.

“As investigações estão fazendo com que o Brasil sonhe que daqui uns anos será um País sério e que as pessoas ao fazerem algo errado, sabem que vão ser punidas. O resultado final será benéfico para o Brasil”, acrescentou.

Porém, o ex-presidente enfatizou que considera grave o vazamento seletivo de determinadas informações.

Sobre o momento econômico pelo qual passa o País, Lula afirmou que “a crise econômica não foi feita pelo pobre” e afirmou, categórico: “a coisa mais importante é aprovar as medidas de ajuste fiscal”.

“É importante que se diga: responsabilidade fiscal não é mérito, é obrigação. E Dilma está correta em fazer o ajuste. O que está errado é que está demorando, mas não por culpa dela, e sim da crise política. É preciso pactuar uma saída para esse País”, disse.

Reforma política e financiamento de campanha também foram tratados na entrevista. O ex-presidente comemorou a decisão pelo fim do financiamento empresarial de campanha.

Segundo o petista, “a reforma política não sairá se a gente depender do Congresso”. “Só haverá reforma política se houver constituinte exclusiva e proibição dos constituintes se candidatarem nas próximas eleições, para não legislar em causa própria”, explicou.

Fonte: Agência de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais