“Não é correto eliminar um adversário para ganhar a disputa”, diz Rui Falcão

Compartilhar

 

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, voltou a acusar parte da oposição de tentar vencer o PT “no tapetão”. Ao comentar o pedido de cassação da sigla feito na semana passada pelo PSDB, o dirigente disse que é uma “tentativa fracassada”.

“É um factoide sem qualquer sustentação legal. Não é correto eliminar um adversário para ganhar uma disputa”, declarou.

Para ele, essa é mais uma tentativa de levar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a disputa que não conseguiram vencer nas eleições passadas. “É uma tentativa fracassada”, afirmou. “Talvez assim sonhando, já que não nos derrotam nas urnas, quem sabe banindo o PT a eleição fica mais fácil”, completou.

Mesmo com o encerramento das atividades do Legislativo em 2015 com importantes vitórias para o governo, o dirigente avalia que houve uma “recomposição parcial” da “conspiração” da oposição contra o governo Dilma, comandada pelo DEM e pelo PSDB, com o apoio de parte da mídia, e que ainda não foi concluída.

“Embora tenha arrefecido, a campanha pelo impeachment ainda não acabou. É preciso combatê-la e uma das maneiras de fortalecer a resistência anti-golpista é abrir uma nova etapa no debate da política econômica”, avalia.

Lava Jato – O presidente nacional do PT disse que a sigla avalia ser fundamental o prosseguimento das investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal. Entretanto, rechaça a força “seletiva” de alguns passos que foram dados e contra a “violação de princípios fundamentais”.

“Não podemos deixar que uma causa meritória, como é a decisão de combater a corrupção, sirva de camuflagem para os golpistas de sempre, que desde o governo de Getúlio Vargas, impunham a bandeira da corrupção, na verdade não para combate-la, mas para abrir caminho para os golpes e a destituição de governos populares”, declarou.

Fonte: Flávia Umpierre, da Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais