Para Eva Wilma, campanha contra Lula é “caça às bruxas”

Compartilhar

 

A atriz Eva Wilma saiu em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista ao site Brasil 247. Na avaliação da atriz, a campanha feita contra o petista é uma “caça às bruxas e uma inquisição”.

“Estamos voltando a uma inquisição por enquanto sem violência. A violência é só verbal e emocional”, disse.

“Tem que respeitar Lula”, disse Eva, ao enfatizar que o ex-presidente “foi uma pessoa muito importante na anistia”. Além disso, a atriz reforçou que o passado de Dilma Rousseff, durante a ditadura, ressalta a competência política da presidenta. Ela ainda disse não concordar com o processo e impeachment aberto contra a presidenta.

A atriz relembrou que passou por duas ditaduras. Na primeira, ela lembra ser muito criança. No entanto, na segunda, Eva diz ter sido “engajada e consciente politicamente”. “O terror chegava aos nossos ouvidos. Desde 68 a gente tomou acontecimento do que estava acontecendo e que era muito, muito, muito grave”, lembrou a atriz. 

“A gente não chamava de anos de chumbo, não, a gente chamava de anos de terror. Era um terrorismo o que faziam com as cabeças pensantes”, completou Eva Wilma.

Durante a conversa com o portal, Eva criticou as pessoas que pedem pela volta da ditadura. Para ela, os que querem a ditadura são “doentes e ignorantes”.  “Isso aí é insuportável! Insuportável, são cabeças doentes! Ignorantes e doentes! Não têm o menor conhecimento!”, criticou.

Fonte: Agência PT de Notícias, com informações do site Brasil 247

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais