Pesquisa do Datafolha divulgada nesta segunda-feira (18) aponta que um possível governo do vice-presidente Michel Temer (PMDB) é rejeitado tanto por manifestantes contrários e quanto pelos favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Entre aqueles a favor do afastamento de Dilma que se reuniram no domingo (17), na Avenida Paulista, para assistir à votação na Câmara, 54%  disseram ser favoráveis também ao impeachment de Temer. Além disso, 68% dos manifestantes acreditam que a gestão de Temer seria regular ou ruim/péssima.

Já entre os manifestantes pela democracia e contra o golpe à presidenta Dilma, que se reuniram no Vale do Anhangabaú, também na capital paulista, a rejeição do vice-presidente é ainda maior: 79% dos entrevistados defendem o afastamento de Temer e 88% acreditam que o governo do peemedebista será ruim ou péssimo. Do total de entrevistados, 77% consideram que Dilma não acabará de fato afastada.

fora-cunha-manifestação-brasília-dia-17-abril-foto-LulaMarquesAgênciaPT (1)

Foto: Lula Marques/AgênciaPT

A rejeição do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), também foi grande nas duas manifestações. Na mobilização contra o impeachment, 94% disseram apoiar o afastamento de Cunha. Já na Av. Paulista, 87% declararam apoio à saída de Cunha.

Fonte: Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias