PT lança ferramenta para processo de filiação online

Compartilhar

 

Já é possível fazer e acompanhar o pedido de filiação ao Partido dos Trabalhadores pela internet


filie-se_3
 

O Partido dos Trabalhadores acaba de lançar uma ferramenta que permite que o processo de filiação ao partido seja feito através da internet.

O procedimento está de acordo com o novo regulamento para filiações aprovado em março pela Comissão Executiva Nacional, que prevê a possibilidade de filiação online. O PT já conta com mais de 1,7 milhão de filiados e é o partido político que mais cresceu no país nos últimos 11 anos.

Para fazer o pedido é preciso apenas o nome completo, título de eleitor com zona e seção, CPF, data de nascimento, endereço completo, e-mail e pelo menos um número de telefone. Também é permitido o uso de nome social por mulheres transexuais, travestis e homens transexuais.

filie-se

Como filiar-se

Para dar inicio ao processo de filiação, basta acessar a ferramenta através do endereço http://www.pt.org.br/filiacao/ e preencher os dados solicitados.

O filiado e a filiada podem optar por participar de qualquer uma das Secretarias Setoriais Nacionais conforme seu interesse de militância. Os setoriais são instâncias partidárias que organizam os/as filiados/as junto aos diferentes movimentos sociais (saiba mais sobre estrutura partidária).

Antes de concluir o pedido, o candidato à filiação terá acesso ao vídeo e ao caderno “Bem vindo, bem vinda ao PT” elaborado pela Escola Nacional de Formação Política, que apresenta a história e a concepção do PT ao novo filiado ou à nova filiada e foi elaborado para que o processo seja consciente e politizado.

Depois de assistir ao vídeo – que é condição obrigatória para concluir o pedido de filiação – o nome de todos os novos filiados ficará disponível na internet durante sete dias úteis, como prevê o estatuto do PT. Durante este período, qualquer filiado ou filiada poderá procurar o Diretório Municipal ou zonal e pedir a impugnação do pedido, que será encaminhado para avaliação e aprovação pela Executiva Municipal.

Após esse prazo, o nome do novo filiado será incluído no Cadastro Nacional do Partido. Os diretórios poderão acompanhar todo o processo em tempo real, através do Sisfil, e qualquer filiado ou filiada terá condições de fiscalizar tudo através da Comunidade PT.

A carteira de filiado também passará a ser emitida e impressa por meio de sistema online dentro do site do PT, o que irá facilitar o acesso ao documento em municípios isolados e diminuirá custos.

Este processo não acaba com a necessidade de atividades presenciais. As instâncias municipais e zonais, os setoriais, núcleos e os mandatos continuam podendo realizar atividades de filiação.

Fonte: Redação da Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais