UOL desmente mentira odiosa espalhada contra Marisa Letícia no WhatsApp

Compartilhar

 

 

Boato dizia que a ex-primeira dama receberia R$ 68 mil do Congresso, que sequer mantém servidores. Lula exige: “Respeitem dona Marisa e parem de espalhar mentiras”

 

Em apuração do repórter Leandro Prazeres, publicada nesta quarta-feira (15), o portal de notícias UOL, por meio do serviço UOL Confere, de checagem de fatos, desmentiu mentira odiosa espalhada pela rede de mensagens instantâneas WhatsApp contra a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, morta no dia 3 de fevereiro.

Segundo o boato, ela receberia R$ 68 mil como servidora do Congresso Nacional. Não só ela não era funcionária como Congresso Nacional não tem funcionários dando expediente exclusivamente para a instituição – ele funciona apenas como a junção do Senado Federal e da Câmara dos Deputados.

Reprodução

A imagem falsa que circula com a mentira sobre o suposto requerimento de pensão de Dona Marisa por parte de Lula

A absurda mentira dizia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria solicitado no último dia 13 de fevereiro pensão vitalícia devido à morte da esposa.

A reportagem do portal de notícias constatou que “o boato não tem fundamento”. A informação foi checada pelo UOL com o Congresso Nacional, Senado Federal e Câmara. Em nenhuma das instâncias Marisa constava como servidora.

No boato, constava o suposto pedido do ex-presidente Lula, com uma imagem reproduzindo o logotipo do Congresso Nacional, um protocolo falso e um suposto “Departamento Protocolo” do Congresso, que não existe. A mentira odiosa também diz que o requerimento foi baseado no “artigo nº 84” do regime do Congresso, que também inexiste. No Senado e na Câmara, artigos com esse número não tratam de pensão ou aposentadoria.

“A título de esclarecimento, informamos, ainda, que o Congresso Nacional não se constitui em órgão administrativo, uma vez que representa o conjunto do Senado Federal e da Câmara dos Deputados”, afirmou o Senado em nota enviada ao UOL.

A reportagem do UOL consultou os portais de transparência das duas casas e constatou que Marisa Letícia nunca foi servidora, fato confirmado por Câmara e Senado por meio de nota.

No Facebook, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu aos boatos: “Respeitem dona Marisa e parem de espalhar mentiras”.

 

Fonte: Agência PT

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais