LOCAL: Limpeza de bocas de lobo avançou 86,5% no bimestre

Compartilhar

 

Por Secom

Durante as chuvas, a Prefeitura envia equipes de varrição aos pontos de alagamento, conforme dados do CGE. Monitoramento de ocorrências ligadas aos temporais é

divulgado em tempo real no <www.twitter.com/saopaulo_agora>

A intensificação dos serviços de limpeza de bocas de lobo, galerias e ramais, córregos e da operação Cata-Bagulho tem ajudado a reduzir os transtornos na cidade em dias de fortes chuvas. No balanço acumulado de janeiro a fevereiro, a Prefeitura já realizou a 218 mil limpezas de boca de lobo, 86,5% a mais que o mesmo período do ano passado. Na limpeza de galerias e ramais, o avanço foi de 58% na comparação do mesmo período (veja dados na tabela abaixo).

Além desse trabalho preventivo, a Prefeitura tem mobilizado equipes das empresas de varrição para atuar em pontos de alagamento conforme são indicados pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências). Hoje, por exemplo, no meio da tarde, equipes foram enviadas prontamente para pontos de alagamento intransitáveis, como a Praça 14 Bis, Av. Aricanduva, Av. Itaquera e Al. Maracatins, entre outros.

O prefeito monitorou os efeitos das chuvas desta sexta-feira, que deixaram a cidade em Estado de Atenção das 15h50 até as 17h15. Há registro de 36 quedas de árvore em vias e de problemas com 145 semáforos (101 apagados e 44 em amarelo intermitente). A CET registrou 261 km de vias congestionadas às 18h30, recorde para o horário no ano. Às 20h, a lentidão era de 183 km. De 35 pontos de alagamento registrados, 20 eram intransitáveis. Avenidas importantes, como a 9 de Julho, a 23 de Maio e a Rebouças foram afetadas. Às 21h30, apenas um ponto permanecia intransitável.

As ocorrências registradas pelo CCOI (Centro de Controle Integrado) da Prefeitura passaram a ser divulgadas no www.twitter.com/saopaulo_agora <http://www.twitter.com/saopaulo_agora> a pedido do prefeito Fernando Haddad, para ajudar o cidadão a se informar, em tempo real, sobre dificuldades que pode encontrar em região. Entre as informações, estão dados sobre quedas de árvore e pontos de alagamento intransitáveis.

Além das medidas anti-enchente de curto prazo anunciadas em janeiro , a Prefeitura já anunciou a retomada de 79 obras de microdrenagem (R$ 150 milhões) em toda a cidade para evitar alagamentos no próximo verão. A longo prazo, a administração pretende construir piscinões _já foram anunciados os piscinões das bacias do Zavuvus, Aricanduva e córrego da Mooca.

Limpeza  

2012  

2013  

Janeiro  

Fevereiro  

Janeiro  

Fevereiro  

Bocas de Lobo  

57 mil  

60 mil  

110 mil  

108 mil  

Galerias/Ramais  

86 km  

77 km  

134 km  

124 km  

Córregos  

205 km  

194 km  

254 km  

221 km  

Cata-Bagulho  

1.080 t  

1.828 t  

2.400 t  

1.882 t  

 Comparativo  

 2012  

 2013  

 Acumulado Janeiro + Fevereiro  

 Acumulado Janeiro + Fevereiro  

Variação  

 Bocas de Lobo  

 117 mil  

 218 mil  

 86,50%  

 Galerias/Ramais  

 163 km  

 258 km  

 58%  

 Córregos  

 399 km  

 475 km  

 19%  

 Cata-Bagulho  

 2.908 t  

 4.282 t  

 47%  

* Os dados de janeiro foram atualizados desde a última divulgação do balanço de medidas (15/2) devido à complementação de informações repassadas por algumas subprefeituras.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais