Haddad defende revisão da dívida em encontro no Congresso

Compartilhar

No encontro da Frente Nacional dos Prefeitos com os presidentes da Câmara e do Senado em Brasília, o prefeito de São Paulo também endossou propostas para baratear a tarifa do ônibus e aumentar crédito para investimentos

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, participa nesta quarta-feira (20), em Brasília, de agenda organizada pela Frente Nacional dos Prefeitos. Haddad elogiou a disposição da presidenta Dilma Rousseff em buscar solução para as dívidas dos municípios, e afirmou que, no caso de São Paulo, é “impagável”. Ele esteve em reunião com os presidentes da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e do Senado Federal, Renan Calheiros, prefeitos de outras capitais, deputados e senadores. Apontou a possibilidade de as prefeituras serem contempladas com o PAF (Programa de Ajuste Fiscal), instrumento de renegociação do Governo Federal já disponível para os estados. Também defendeu tramitação de proposta no Congresso que permitam a redução das tarifas de transporte público nas capitais.

“A dívida de São Paulo hoje é impagável. A presidenta já fez gestos de que sabe a importância desses temas, que afetam muitos municípios e estados brasileiros”, afirmou o prefeito.

Haddad defende a troca do indexador da dívida do município com a União, do IGP-DI para a Selic ou IPCA, proposta do Governo Federal que seguiu para o Congresso. “Para nós, a agilidade na aprovação de um novo projeto é importante”, completou. O débito do município com a União é de mais de R$ 50 bilhões. Segundo Fernando Haddad, a troca do indexador permitiria a muitos estados e municípios “pagar com mais facilidade a dívida existente”.

“Temos expectativas quanto à troca do indexador e à disponibilidade do PAF para as cidades, além da liberação de recursos para investimentos”, disse o prefeito. “Temos disponível o PAC, e é importante trabalhar para que tenhamos melhorias nos seus projetos, tornando mais ágeis os fluxos de investimentos”, disse.

SECOM

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais