LOCAL: SP terá 43 novas UBSs com dentistas até 2017, diz Haddad

Compartilhar

 

Postos de saúde serão construídos em Clubes da Comunidade. Cohabs e CDHU também poderão ser usadas para ampliação de UBSs.

Tatiana SantiagoDo G1 São Paulo- 25/3

A cidade de São Paulo deve ganhar 43 novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com atendimento odontológico até 2017. Segundo o prefeito Fernando Haddad (PT), o anúncio oficial será realizado na terça-feira (26) durante o lançamento do programa de metas da atual gestão. Na manhã desta segunda-feira (25), Haddad visitou a região de São Miguel Paulista, na Zona Leste.   Chamadas de UBS integral, as unidades deverão ter dentistas, além do atendimento convencional feito por clínicos e ginecologistas, por exemplo. O atendimento odontológico foi uma das promessas feitas pela gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) que não foram cumpridas. Ele disse que iria entregar 50 AMAs Sorriso para atendimento odontológico.

Rede Hora Certa deve iniciar atividades em março, diz Haddad Hora Certa oferecerá exames a mulheres que enfrentam filas no sistema público de saúde   A novidade é que parte das novas UBSs será instalada em unidades dos Clubes da Comunidade (CDCs) e áreas de moradia popular como Cohabs e CDHUs.   “Você leva a UBS para um CDC que fica ocioso a maior parte do tempo, cuida do lugar e contrata profissionais da área de educação física, fisioterapia, para que as pessoas, sobretudo com doenças crônicas, possam utilizar o equipamento desportivo para escapar do sedentarismo e melhorar a sua saúde”, afirmou o prefeito.     Haddad também afirmou que também estuda a construção dos postos de saúde em áreas ociosas de Cohabs e CDHUs.   De acordo com o secretário da Saúde do município, Jose de Filippi, há regiões da cidade com até 80 mil pessoas para o atendimento em uma única UBS, quando o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) deve é de 25 mil habitantes para cada unidade de saúde. “É inadmissível", afirmou."Nós vamos corrigir essa distribuição física”, ressaltou.   Rede Hora Certa

O programa para agilizar o atendimento da população lançado na campanha eleitoral de Haddad, a Rede Hora Certa, vai ganhar suas cinco primeiras unidades até o fim deste ano, segundo o prefeito. Em fevereiro, Haddad havia anunciado que a Rede Hora Certa iria começar a funcionar em março.   Além do prédio do Ambulatório de Especialidades Tito Lopes da Silva, na região de São Miguel Paulista, que será adaptado para virar uma Rede Hora Certa, a Secretaria Municipal da Saúde pretende implantar as demais unidades nas zonas Norte, Sul, Oeste e Central.   A partir do mês de abril, a central de atendimentos da Prefeitura passará a ligar para as pacientes de atenção básica para reconfirmar o dia e horário marcado dos postos de saúde. Atualmente, as ligações são feitas somente para pacientes que marcam consultas com especialistas.   O prefeito também disse que irá construir 5 unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e adaptar 16 pontos de Pronto-Atendimento na cidade em UPAs nível 3, considerado de maior complexidade.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais