Hospital São Luiz Gonzaga deverá ser unidade da Rede Hora Certa, diz Haddad

Compartilhar



Em visita a equipamentos de Saúde, Educação, Assistência Social e obras na Subprefeitura de Jaçanã/Tremembé, Haddad disse que o Hospital São Luiz Gonzaga tem capacidade para se tornar unidade da Rede Hora Certa

O prefeito Fernando Haddad visitou nesta terça-feira (30) equipamentos públicos de Saúde, Educação, Assistência Social e obras na região da Subprefeitura de Jaçanã/Tremembé, na Zona Norte de São Paulo

Na visita, que, segundo o prefeito, serve para prospecção de novos planos de investimentos, Haddad anunciou que o Hospital São Luiz Gonzaga tem estrutura para ser uma unidade da Rede Hora Certa. O Programa de Metas 2013-2016 prevê a instalação de 32 unidades da rede em toda a cidade, agilizando o atendimento e diminuindo a fila de espera.

“Existem equipamentos (de Saúde) que tem vocação para a Rede Hora Certa e aqui estamos percebendo que é um deles. Eventualmente, com alguma reforma, poderemos instalar uma das unidades da Rede Hora Certa. Ou seja, a consulta, o exame e a cirurgia eletiva no mesmo lugar”, afirmou o prefeito.

A idéia surgiu após Haddad conversar com o diretor do hospital, Norberto Kodi Kavabata e o secretário municipal da Saúde, José de Fillipi Junior, enquanto conhecia as dependências do local, como a Central de Esterilização. A unidade teve os equipamentos entregues há seis meses, mas ainda não está operando por falta de profissionais.

“Vocês já são um centro da Rede Hora Certa, só que estão fazendo isso precariamente. Temos de pactuar isso, porque o hospital tem toda a vocação”, disse o prefeito ao diretor e ao secretário.

Escola bilíngue

O prefeito visitou ainda, a Escola Municipal de Educação Especial (EMEE) Madre Lucie Bray, que existe há 24 anos e atende 87 alunos surdos entre 1º e 8º ano do Ensino Fundamental.

No local, além de conversar com funcionários e alunos, como o garoto Lucas, 8, que fazia aula de informática, Haddad conheceu ainda a banda ‘Música do Silêncio’, que existe há oito anos e conta com dez alunos com deficiência auditiva, além de 35 integrantes ouvintes da Escola Municipal Marechal Rondon.

A banda foi convidada para ir a Portugal, em setembro, para passar uma semana de convivência com crianças surdas da região de Alenteje. A ‘Música do Silêncio’ ainda enviou seu trabalho à Fifa para poder participar da abertura da Copa do Mundo de 2014, ao lado da escola de samba Vai-Vai.

“É mágico ver alunos surdos que quiseram estudar música e que tem se empenhado cada vez mais. Conseguimos juntar alunos surdos e alunos ouvintes na mesma banda e quem vê de fora, não consegue identificar quem é quem. Eles não ouvem, mas escutam com o corpo”, exaltou o maestro Fábio Bonvenuto, que recebeu do prefeito um novo trombone para a banda, doado por uma empresa de Mairiporã.

Reunião
A visita à região da subprefeitura do Jaçanã / Tremembé começou nesta manhã com uma apresentação do subprefeito Edison de Oliveira Vianna Junior. Foram analisados os principais projetos para a região, com destaque para obras de drenagem nos córregos Tremembé e Paciência. As intervenções beneficiarão famílias que vivem em áreas de fundos de vale e que sofrem atualmente com enchentes. Além disso, possibilitariam melhorias no viário e no transporte coletivo da região.

Durante a reunião, o prefeito apontou para a necessidade de adequação dos projetos de macrodrenagem para parcerias como o governo federal. “É importante adequar os projetos para as normas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Para o reassentamento das famílias, é possível fazer desapropriação de área e encaminhar pelo Minha Casa, Minha Vida”, afirmou Haddad.

Idosos
Nesta manhã, Haddad visitou o Instituto de Longa Permanência para Idosos, que abriga 23 pessoas em situação de risco. O prefeito conheceu as instalações do equipamento e conversou com os idosos. O local conta com 8 dormitórios, um ambulatório, cozinha, espaços de convivência e elevador. Os idosos residentes são atendidos por uma equipe composta por assistente social, orientadores socioeducativos, psicóloga e enfermeira.

Contenção
O percurso na subprefeitura do Jaçanã/ Tremembé terminou com uma vistoria às obras de contenção de encosta na rua Antonia Francisca de Siqueira, na Vila Nova Galvão. No local, estão sendo enterrados perfis a 8 metros de profundidade e são instaladas lajes de concreto para evitar acidentes de desbarrancamento.

FOTOS:
Crédito: João Luiz / SECOM

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais