MPL faz panfletagem no metrô de São Paulo contra "propinoduto tucano"

Compartilhar

 

Contra o esquema de fraudes envolvendo o governo tucano, manifestação está marcada para o dia 14 de agosto.

 
Por Brasil de Fato
Quarta-feira, 7 de agosto de 2013


Juntamente com os metroviários de São Paulo, o Movimento Passe Livre (MPL) entregou ontem (6) uma carta aberta à população paulistana em que denuncia o esquema de corrupção do PSDB com um cartel de 18 grandes transnacionais.

Segundo o documento, foram desviados um montante de, no mínimo, R$ 425 milhões das obras do Metrô e da Companhia Paulista de Transportes Metropolitano (CPTM). Contra o ‘propinoduto tucano’, uma manifestação já está marcada para o dia 14 de agosto em São Paulo.

A informação sobre o cartel surgiu a partir do acordo assinado pela transnacional Siemens com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), pelo qual a empresa alemã pode se beneficiar de imunidade civil e criminal relativa à sua participação no cartel.

O esquema, segundo a denúncia, estaria em operação desde 1997, quando Mário Covas (PSDB) era o governador de São Paulo. E teria continuado durante as gestões de Geraldo Alckmin (2001-2006) e também no primeiro ano do governo de José Serra (2007). A ideia era formar um consórcio único para vencer licitações e depois subcontratar as empresas perdedoras, o que acabou acontecendo.

Na carta, os movimentos esclarecem que, caso esse dinheiro não fosse desviado, daria para, por exemplo, ampliar a rede metroviária e ferroviária, além de reduzir as falhas, paradas técnicas e acidentes.

A redução da tarifa, rumo à tarifa zero, bandeira principal do MPL, também poderia ser implementada, se não houvesse o esquema de corrupção, que já dura duas décadas.

O protesto acontecerá a partir das 15h no Vale do Anhangabaú, no centro da capital paulista. Dezenas de movimentos assinaram a carta, entre eles o Periferia Ativa, Luta popular e o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais