Encontro da Região Metropolitana do PT de São Paulo faz homenagem a Luiz Gushiken

Compartilhar

A quadra dos bancários, na região central da cidade, esteve tomada na manhã de hoje (14) por milhares de militantes do Partido dos Trabalhadores e autoridades federal, municipal e estadual que foram participar do último Encontro da rodada das Caravanas em 16 macrorregiões do estado promovido pelo PT Estadual.

Entre eles, as presenças do ex-presidente Lula, dos ministros Alexandre Padilha, Mirian Belchior, Eleonora Menicucci, o prefeito Fernando Haddad e os presidentes dos diretórios nacional, estadual e municipal, respectivamente, o deputado federal Rui Falcão, o deputado estadual Edinho e a vereadora Juliana Cardoso.

O evento que tinha caráter de fechamento das propostas apresentadas nos encontros em cidades do interior, região metropolitana e capital acabou se transformando em uma grande homenagem ao ex-ministro e fundador do partido, Luiz Gushiken, que faleceu ontem. Tantos os organizadores como os políticos presentes entenderam que esse não era o momento para realizar as mesas de debate do Grande Encontro da Região metropolitana – programadas para a tarde de hoje (14) e adiaram em concordância com a militância – para que os petistas possam prestar suas últimas homenagens a Gushiken.

O prefeito Fernando Haddad, o deputado Rui Falcão, o ministro Alexandre Padilha, o deputado Edinho Silva e o ex-presidente Lula em nome de todas as autoridades presentes falaram com carinho e profundo respeito resgatando a história do amigo e político Luiz Gushiken. Para homenagear o amigo e companheiro, o Presidente Nacional do PT Rui Falcão, lembrou a frase de um poema “Quem passou a vida em brancas nuvens e em plácido repouso adormeceu, Quem não sentiu o frio da desgraça, Quem passou pela vida e não sofreu, Foi espectro de homem, não foi homem, Só passou pela vida, não viveu””.

O ex-presidente Lula muito emocionado relembrou fatos importantes da vida de Gushiken desde o início como sindicalista até quando foi o coordenador em 2002 da campanha de Lula ä presidência e depois seu ministro das Comunicações.

O ministro Alexandre Padilha, aniversariante do dia, lembrou de um dos ensinamentos deixados por Gushiken de que o mundo não é só material, mas é feito de fé, de justiça social, um mundo mais solidário e pra todos. 8 bilhões do PAC para São Paulo Em entrevista exclusiva, o ex-presidente Lula e a ministra Miriam Belchior comentaram sobre os investimentos do Governo Federal na cidade de ao Paulo. Para Lula os 8 bilhões é só o começo do que o Governo Federal pode fazer para melhorar a qualidade de vida da população de São Paulo.

A ministra Miriam Belchior disse que esses recursos são fundamentais para o investimento em mobilidade urbana, transportes, obras de mananciais e drenagem. Ela criticou os governos anteriores que não buscaram antes essa verba que o governo federal disponibilizou para a cidade. ““ Essa é grande diferença de ter um governo petista na administração dessa cidade ““, afirmou Belchior.

Lula e Padilha Encerrando a reunião, o ex-presidente Lula fez um afago em seu candidato para disputar a próxima eleição para o Governo de São Paulo, Alexandre Padilha. Lembrando que não pode falar abertamente sobre o assunto, pois pode sofrer sanção, Lula não deixou de elogiar o companheiro, quando foi muito aplaudido pelos petistas presentes que o apoiam na escolha.

Veja mais fotos do evento, clique aqui.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais