Feira leva novas tecnologias para a zona leste e apresenta talentos da região

Compartilhar

Foi aberta na tarde desta quarta-feira (23) a 3ª edição da Feira Tecnológica da Zona Leste, que acontece na sede do Centro de Formação e Cultura Dom Bosco, em Itaquera, e seguirá até o próximo sábado (26). O evento, promovido pela Obra Social Dom Bosco e a Associação Beneficente Bom Pastor, conta com apoio da Prefeitura de São Paulo e vai proporcionar acesso às novas tecnologias, rodadas de negócios e a troca de conhecimento entre estudantes e profissionais.


Com o tema “Novos talentos e inovação tecnológica”, o evento também valoriza os talentos de jovens e crianças da região, que também têm oportunidades de expor seus projetos. Na última edição, realizada em 2011, cerca de 20 mil pessoas passaram pela feira e a expectativa é que a edição deste ano supere o número.


A prefeita em exercício, Nádia Campeão, participou da abertura da feira e destacou que, após a Copa do Mundo de 2014, a zona leste ainda tem muito a ganhar em desenvolvimento para os próximos anos. Ela destacou a chegada de unidades do Sesi, Senai, Centro Cultural, fórum, museu e empresas que mudarão para a região por conta da lei de incentivos fiscais, que continuarão a transformação da região.


“Tenho certeza que nos próximos anos, em poucos anos, a gente tenha esse segundo momento avançado e, para isso, esse trabalho do Dom Bosco e essa feira são muito importantes, porque prepara o futuro que virá rápido. É importante preparar as crianças, os jovens, a comunidade e os empresários para que todos cresçam juntos nesse novo momento de Itaquera”, disse Nádia.


Além do apoio da Subprefeitura de Itaquera, secretarias de Educação, Saúde, Desenvolvimento e Assistência Social também têm estandes no espaço da feira, prestando informações aos cidadãos. “Tudo que prepara as crianças e sobretudo, a juventude para assumir as suas responsabilidades na cidade e no país é fantástico. Esse trabalho alia educação, conhecimento, abrir as portas dos avanços tecnológicos, com assistência, atendimento e participação da comunidade. Precisamos ter mais trabalhos desses em outras regiões da cidade”, afirmou a prefeita em exercício.


Para o fundador da Obra Dom Bosco, padre Rosalvino Moran Viñayo, a feira combina com o novo momento da zona leste, que virou centro do mundo durante o mundial. “Esse é o resultado do trabalho da inovação, do carinho e do carisma, não só do jovem, mas de todos de Itaquera”, disse.


O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Nelson Baeta, afirmou que o governo do estado irá disponibilizar duas carretas do Programa Via Rápida Emprego, que oferecerão cursos para jovens da região. Além disso, será concedida uma bolsa-auxílio de até R$ 460 para ajudar com alimentação e transporte dos futuros alunos. “Tudo o que o padre Rosalvino executa é um sucesso e esse é mais um evento importante para esse novo momento de Itaquera”, afirmou.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais