Haddad abre nova licitação que garantirá 5.000 novas vagas em creches

Compartilhar

A Prefeitura de São Paulo lançou na última terça-feira (2) o edital de licitação para a contratar empresas para construir de 18 Centros de Educação Infantil (CEI) em todas as regiões da cidade. O investimento para as obras dos novos equipamentos, que atenderão cerca de 5.000 crianças de zero a três anos, é de R$ 88 milhões. Dentro do pacote, estão previstas oito creches na zona sul, seis na zona leste, três na região norte e uma na zona oeste.

A subprefeitura que receberá mais creches do novo edital é a Capela do Socorro, na zona sul, com cinco equipamentos previstos. Composta pelos distritos de Socorro, Cidade Dutra e Grajaú, a região tem uma das maiores demandas da cidade com mais de 10 mil crianças. São Mateus, na zona leste, com três novas creches no edital, além de Jaçanã, na zona norte e Campo Limpo, na zona sul, com dois novos equipamentos cada, também fazem parte da lista das regiões beneficiadas. Itaquera, Penha, Pirituba, Sapopemba, M’Boi Mirim e Butantã ganharão uma nova creche cada bairro.

Essa é a segunda licitação para construção de creches aberta pelo município nos últimos meses. Em 8 de julho, a Prefeitura abriu concorrência para a contratação de empresas para a construção de 43 CEIs. O investimento previsto é de R$ 222,4 milhões e as novas creches criarão cerca de 12 mil novas vagas de matrículas para crianças.

Os novos investimentos integram um pacote de 172 creches que serão construídas em parceria com o Ministério da Educação e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O governo federal investe cerca de R$ 1,2 milhão por unidade.



Licitação
O edital de licitação publicado nesta terça-feira (2) no Diário Oficial da Cidade está dividido em dois lotes com nove terrenos ou creches cada e vencerá a empresa que apresentar o maior desconto de preços em cada um dos lotes.


O primeiro deles, que inclui creches na região de Capela do Socorro, Campo Limpo, M’Boi Mirim e Butantã está orçado em R$ 45,9 milhões. O lote 2, composto por equipamentos em Itaquera, Jaçanã, Penha, Pirituba, Sapopemba e São Mateus, tem valor estimado de R$ 42,3 milhões. As empresas interessadas terão de entregar suas propostas até o início da tarde do próximo dia 26, quando será iniciada a fase de abertura de envelopes.

A licitação anterior das 43 novas creches, publicada em julho, estava dividida em quatro lotes com 11 terrenos cada, com exceção do lote 3 que contava com dez terrenos. O lote 1 contempla regiões como Grajaú, Parelheiros e Pedreira. No lote 2 estão Campo Limpo, Rio Pequeno, Vila Sonia e Parque Boulonge. No lote 3, os bairros beneficiados são Anhanguera, Vila Jacuí, Domingos Delgado, Jaçanã, Pirituba, Ponte Rasa, Tatuapé e Tremembé. Unidades na Cidade líder, Itaim Paulista, José Bonifácio, Parque do Carmo, Ipiranga, Sacomã, Vila Curuçá e Vila Jacuí compõem o lote 4.

As propostas comerciais da concorrência foram recebidas e abertas em 18 de agosto. No momento, as propostas recebidas estão em análise interna para verificação da exequibilidade para posteriormente publicar a classificação das empresas. Ainda não é possível divulgar o nome das empresas vencedoras dos lotes, o que deve ocorrer nas próximas semanas.


Expansão de vagas
O Programa de Metas 2013-2016 prevê a construção de 243 Centros de Educação Infantil (CEIs) em toda a cidade, sendo 172 em parceria com o Ministério da Educação (MEC). Até junho, a Prefeitura entregou 26 novos CEIs e outras oito unidades estavam em andamento.

No mesmo período, foram criadas 25.454 novas vagas por meio de obras e novos convênios.  Considerado o maior plano de expansão por vagas em creches na cidade de São Paulo, para enfrentar uma demanda herdada em janeiro do ano passado de quase 100 mil vagas em Educação Infantil.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais