Prefeitura de SP ouve crianças para revitalizar praça no centro

Compartilhar

Entre as comemorações do primeiro ano do programa “São Paulo Carinhosa”, a prefeitura de São Paulo, em parceria com entidades, apresentou neste sábado (6) o projeto arquitetônico para revitalização da Praça José Luiz de Mello Malheiro, no Glicério. Trata-se do resultado do curso “A Voz da Criança no Projeto de Arquitetura - Escuta Glicério”, e contou com a participação de crianças que moram em habitações coletivas da região central.

O projeto da praça foi elaborado com a orientação de profissionais da consultoria de projetos sociais e urbanos Criacidade, com o apoio da Associação Fábrica da Cidadania e com a participação de estudantes de arquitetura do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Por meio de oficinas lúdicas, as crianças puderam dar sugestões do que queriam fazer na praça e quais brinquedos gostariam de brincar.

O estudante Fagner Silva de Oliveira, 11, foi uma das crianças que participou do projeto. A sugestão dele para a praça foi a construção de um “canto para ler”. Quando o projeto da praça for viabilizado, ele espera ter um lugar para brincar, o que hoje ele não tem. “Hoje não dá para brincar na praça porque tem gente morando lá. Mas vai ficar show”, afirmou.

A coordenadora da Política de Desenvolvimento da Primeira Infância e primeira-dama, Ana Estela Haddad, acompanhou a apresentação do projeto arquitetônico. Ela classificou como fundamental a possibilidade de ouvir as crianças para saber o que elas identificam como prioridade.

“Quando uma criança está vivendo uma realidade diferente da nossa, às vezes a gente pode até achar que sabe o que falta a ela, mas é ela quem sabe. Isso também é um exercício de educação, de autonomia”, afirmou.

A praça projetada pelas crianças terá um grande brinquedo de borracha, que elas chamaram “geleca”, onde terá escorregadores e espaço para escaladas. O brinquedo “geleca” ficará em dois lados da praça onde o trânsito é mais carregado, contribuindo para a segurança das crianças. Também terá uma arquibancada para apresentações artísticas que poderão ser feitas no centro da praça e aparelhos de ginástica para adultos. A execução do projeto na praça ainda depende de parcerias com a iniciativa privada.

Fonte: Spresso SP

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais