São Paulo: Estado mais populoso do país recebeu investimentos federais em diversas áreas

Compartilhar

Com mais de 41 milhões de habitantes, São Paulo é o estado mais populoso do Brasil e a terceira unidade administrativa mais populosa da América do Sul. É também o estado mais rico do país, responsável por 33,9% do PIB. E por conta disso é preciso desenvolver a cada dia mais os serviços públicos de Saúde, Educação, Energia Elétrica e, especialmente, de Mobilidade Urbana.

Nos últimos anos, o Governo Federal, atento às necessidades de todos os brasileiros, investiu fortemente em programas sociais em São Paulo, ao incluir o estado no Plano Brasil Sem Miséria. São Paulo foi, ainda, o estado que mais recebeu profissionais por meio do Programa Mais Médicos. Foram 2.187 profissionais para atuação em 344 municípios, o que corresponde a 53,3% do estado. Atualmente, 7,6 milhões de paulistas são beneficiados pelo Mais Médicos.

Para o Bolsa Família, o Governo Federal destinou cerca de R$ 2,19 bilhões para o atendimento a 1.343.153 famílias, com valor médio de R$ 135,99. Isso tornou possível que mais de um milhão de paulistas saíssem da situação de extrema pobreza desde 2011.

O sonho da casa própria é hoje realidade para milhares de paulistas. Pelo programa Minha Casa Minha Vida, 310.235 moradias já foram entregues no estado e outras 314.592 já estão contratadas, totalizando 624.827 unidades. O montante investido pelo governo federal supera R$ 17 bilhões, somados a outros quase R$ 27 bilhões em financiamentos.

A energia elétrica chegou pela primeira vez a 763 famílias extremamente pobres de São Paulo. O programa Luz Para Todos permitiu 3.624 ligações sem novos investimentos a partir de 2011. Até 2010, tinham sido realizadas 85.795 ligações, com investimentos federais que superam R$ 332 milhões.

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) destinou R$ 446 bilhões ao estado de São Paulo. Só para o projeto de Mobilidade Urbana foram investidos R$ 35,81 bilhões no estado, sendo R$ 21,2 bilhões do governo federal, beneficiando 27 municípios.

A Educação é o principal foco do governo Dilma e abrange investimentos da Educação Infantil ao ensino profissionalizante. Para São Paulo, foi aprovada a construção de 592 e, atualmente 2,6 mil escolas no estado oferecem educação em tempo integral. Pelo programa Alfabetização na Idade Certa, 41,1 mil professores alfabetizadores paulistas receberam formação. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), efetuou 1,2 milhão de matrículas em 295 municípios de São Paulo, o Programa Universidade para Todos (Prouni) concedeu 435,7 mil bolsas e Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), firmou 408 mil contratos, desde 2011. Além disso, o Ciência Sem Fronteiras concedeu bolsas a 16,9 mil estudantes paulistas.

Mais Saúde
Além de ter sido o estado que mais recebeu profissionais do Programa Mais Médicos, São Paulo também foi atendido pelo programa Saúde Não Tem Preço, que beneficiou 4,6 milhões de paulistas com medicamentos gratuitos para hipertensos (2.729.217), diabéticos (811.566) e hipertensos e diabéticos (1.110.065). Outras 306.072 pessoas foram beneficiadas com medicamentos gratuitos para asma.

São Paulo conta hoje com 4.320 postos de saúde em funcionamento, 1.142 passando por reforma e 1.142 sendo ampliados. Já foi aprovada a construção de 1.030 novos postos, sendo que 124 estão concluídas, 423 em obras e 483 em ação preparatória. Estão em funcionamento no estado, ainda, 75 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e outas 166 foram aprovadas para construção (63 em obras, 91 em ação preparatória e 12 concluídas).

Mais de 506 mil gestantes foram beneficiadas pelo Rede Cegonha com a adesão de 641 municípios paulistas. Ainda na atenção à saúde da mulher, em 2013 foram realizados 129.698 exames cito-patológicos em prevenção ao câncer de colo de úteros em mulheres de 25 a 64 anos e 53.286 mamografias em mulheres de 50 a 69 anos.

Fonte: Equipe Dilma Rousseff

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais