Vereadores do PT convocam ato pela unidade do país

Compartilhar

Evento acontece em momento de grande agressividade nas redes sociais contra regiões norte e nordeste do país e intensificam desconhecimento sobre programas sociais

A Liderança da Bancada de Vereadores do PT de São Paulo vai realizar o ato “SomosTodos Brasileiros, Somos Todas Brasileiras – A Favor da Democracia, Contra o Preconceito”, para contrapor as mensagens xenofóbicas disseminadas pelas redes sociais contra as regiões Norte e Nordeste do País após a reeleição da presidenta Dilma Rousseff. O evento acontece no próximo dia 6 de novembro, a partir das 19h, no plenário 1° de Maio da Câmara Municipal.

Após confirmação da vitória da candidata petista, vídeos, imagens e mensagens de teor discriminatório passaram a ser propagadas, associando os votos dos nordestinos ao benefício de programas sociais, baixa escolaridade e falta de informação.

“Durante todo o processo eleitoral, o PT foi acusado de dividir o Brasil entre ricos e pobres, o que não é verdade, já que temos construído nossos governos baseados em,direitos e promoção de uma melhor qualidade de vida para todos. Nossa campanha foi baseada no amor e contra o ódio”, comentou o vereador Alfredinho, líder da bancada do PT.

A proposta do evento é reunir os setores da sociedade que condenam ações discriminatórias e separatistas, na perspectiva de apontar para a unidade de todos os brasileiros. Movimentos Sociais, intelectuais, artistas e lideranças políticas foram convidados.

“O Norte e Nordeste foram responsáveis por 24,5 milhões de votos à presidenta Dilma, enquanto no Sul e no Sudeste o número de votos chegou a 26,6 milhões – 2,1 milhões de votos a mais. Além disso, Dilma venceu em Minas, Rio de Janeiro e Bahia, três dos cinco maiores colégios eleitorais do país. Mas não existem pesos diferentes para aferir os votos por estado, não existe voto certo e errado. O que existe é a opinião soberana dos brasileiros e a maioria escolheu reeleger este projeto”, explicou o líder Alfredinho.

POLÊMICA

No começo de outubro, em entrevista aos blogueiros Josias de Souza e Mário  Magalhães, do UOL, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB),causou polêmica ao afirmar que o PT cresceu nos grotões do país, onde estariam os votos de quem classificou como “menos informados”. “O PT está fincado nos menos informados, que coincide de ser os mais pobres. Não é porque são pobres que apoiam o PT, é porque são menos informados”, afirmou FHC na ocasião.

Outro episódio que também ganhou destaque na imprensa foram as declarações do vereador e deputado estadual eleito Coronel Telhada (PSDB), que em sua página no Facebook sugeriu que os estados do Sul e Sudeste do Brasil deveriam iniciar um “processo de independência de um país que prefere esmola do que o trabalho, preferem a desordem ao invés da ordem, preferem o voto de cabresto do que a liberdade”. Para Telhada o governo eleito não seria uma representação do País, mas apenas daquelas regiões onde a presidenta saiu vitoriosa no pleito. “Por que devemosnos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste? Eles que paguem o preço sozinhos”, escreveu Telhada.

Contra as declarações de Telhada, a Bancada do PT vai apresentar no plenário uma moção em repúdio às declarações do colega e acionar a Corregedoria da Casa. “As declarações são separatistas, discriminatórias e não expressam o sentimento dos paulistas”, criticou Alfredinho.


SERVIÇO

ATO: “Somos Todos Brasileiros, Somos Todas Brasileiras – A Favor da Democracia, Contra o Preconceito e a Discriminação”

Data: 6 de Novembro de 2014 | Horário: 19h

Local: Câmara Municipal de São Paulo – Plenário 1° de Maio – Viaduto Jacareí, 100 – 1° andar – Bela Vista

Mais Informações: Assessoria Coletiva da Bancada do PT

11 3396-4465 / 3396-4475 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Wilson Roberto Santos | Debora Pereira

 

 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais