São Paulo é a segunda melhor capital brasileira para empreendedores, diz estudo

Compartilhar

São Paulo é a segunda melhor capital brasileira para o desenvolvimento de empreendedores, segundo o Índice de Cidades Empreendedoras 2014, divulgado nesta segunda-feira (24) pela organização não-governamental Endeavor Brasil. Segundo a entidade, a cidade possui o melhor acesso ao capital, o maior mercado e o melhor índice de inovação do Brasil. O prefeito Fernando Haddad participou nesta terça-feira (24) dos resultados do estudo e apresentou as iniciativas da Prefeitura para aprimoramento do ambiente de negócios da cidade.

“São Paulo já responde por 12% do Produto Interno Bruto. Então, os empresários estão investindo na cidade cada vez mais. Se consultar hoje o setor da construção civil, tudo se voltou para São Paulo em função das facilidades da desburocratização que nós estamos desenvolvendo, com a criação da Secretaria de Licenciamento. Nós estamos batendo recordes de licenciamento neste ano, os resultados estão acontecendo", disse o prefeito, ao lembrar que o prazo para a abertura de uma empresa caiu um terço, de 100 para 36 dias, em apenas em um ano de trabalho.

Segundo o prefeito, a meta do setor de licenciamento é atingir em 2016 o prazo médio 90 dias para a aprovação de projetos arquitetônicos. Outras iniciativas mencionadas por Haddad no sentido de atacar gargalos do ambiente de negócios paulistano foram os incentivos fiscais para a instalação de empresas na zona leste, a reestruturação do sistema de ensino nas escolas municipais com o programa Mais Educação São Paulo, investimentos em transporte público e as novas regras do Plano Diretor Estratégico. A Prefeitura também lançou em agosto deste ano política de estímulo à inovação e ao desenvolvimento de startups na cidade de São Paulo, a Tech Sampa.

A pesquisa sobre empreendedorismo lançada nesta manhã foi realizada durante dez meses em 14 capitais brasileiras cujas regiões metropolitanas abrigam pelo menos 1% das empresas de alto crescimento do país. Foram avaliados 55 indicadores relacionados a ambiente regulatório, acesso a capital, mercado, inovação, infraestrutura, capital humano e cultura empreendedora. Como resultado final, São Paulo alcançou o índice de 7,46, ficando atrás apenas de Florianópolis, com 7,53.

Entre os temas avaliados pelo índice estão tempo para a obtenção de licenças, impostos, sistema de transporte, condições urbanas, clientes potenciais, possibilidades de financiamento, nível de mão de obra e a imagem do empreendedorismo. A cidade de São Paulo destacou-se por oferecer a maior oferta de crédito do país , além de 60% de todos os investimentos nacionais em capitais de risco.  Possui também o maior mercado para novos empreendimentos.

Outro ponto foi a agilização do processo de abertura de empresas. “Na questão de ambiente regulatório eu queria destacar que São Paulo diminuiu muito a questão de tempo para abertura de empresas, isso é uma conquista do último ano. A Prefeitura de São Paulo tem feito um trabalho de priorização para melhorar indicadores. Agora a gente mediu e o tempo chegou a 36 dias. É o segundo melhor tempo, das capitais estudadas, só perde para Goiânia que está com 32 dias”, disse Juliano Seabra, diretor geral da Endeavor.

O objetivo do índice é apontar ao poder público possibilidades de estratégias de incentivo ao empreendedorismo em cada região. O estudo completo pode ser consultado no site www.endeavor.org.bbr/ICE2014.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Crédito da foto: Heloísa Ballarini

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais