Haddad entrega 240 unidades habitacionais na região do Butantã

Compartilhar

O prefeito Fernando Haddad entregou na manhã deste sábado (29) 240 unidades habitacionais na região do Butantã, próximo ao limite com a cidade de Cotia. O Residencial Franca tem 12,8 mil metros quadrados e conta com 12 blocos de 20 apartamentos de 45,11 metros quadrados, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O empreendimento foi viabilizado pelo programa Minha Casa Minha Vida, com doação do terreno da Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab) e financiamento de R$ 15,3 milhões do Governo Federal.

A entrega coroa uma luta de mais de 14 anos dos moradores da região pela casa própria e faz parte da meta de entregar 55.000 moradias até 2016. “Nós vamos chegar até o final deste ano com 26 mil unidades habitacionais em construção e queremos chegar até junho do ano que vêm com outras 30 mil unidades em construção. Somando tudo, estaremos com as 55 mil unidades em obras”, disse o prefeito Fernando Haddad.

“Isso representa três vezes mais que a gestão que fez mais (habitações) pela cidade de São Paulo. Isso não é por causa de uma varinha mágica. Isso só é possível porque estamos fazendo algo que deveria ter sido feito há muito tempo, que é a união dos governos federal, estadual e municipal”, afirmou o prefeito.  

O empreendimento foi iniciado por meio de um convênio de Mutirão com a Associação dos Trabalhadores Sem Terra da Zona Oeste. Em 2012, a Cohab deixou de executar o programa de Mutirão e o convênio passou a ser vinculado ao Programa Minha Casa Minha Vida.  As famílias beneficiadas pelo empreendimento atenderam aos critérios da Portaria 140, do Ministério das Cidades e Resolução n° 48, do Conselho Municipal de Habitação, legislação vigente na época.

“A luta por moradia não é só dos movimentos. É também nossa do poder público e do prefeito Haddad. Vocês não imaginam o esforço que nós estamos fazendo para viabilizar moradia na cidade de São Paulo”, disse o secretário municipal da Habitação, José Floriano de Azevedo Marques Neto.

“Quero reafirmar aqui, em nome da Caixa, a nossa disposição de fortalecer cada vez mais essa parceria com a Prefeitura, porque temos acompanhado a obstinação e luta por melhores condições de moradia na cidade. É preciso reafirmar a parceria para buscar solução para os problemas”, afirmou a superintendente regional da Caixa Federal, Lucia Helena  da Silva.

Além de ter visitado apartamentos comuns e adaptados ao lado da secretária Marianne Pinotti (Pessoa com deficiência e mobilidade reduzida) e a vice-prefeita Nádia Campeão, como ato simbólico, o prefeito entregou chaves dos imóveis para quatro pessoas.

“As famílias vão pagar R$ 26 por mês em dez anos. Na maior renda, são R$ 76 mensais em dez anos. É esse o projeto que nós queremos e lutamos para a cidade de São Paulo”, disse coordenador estadual da União dos Movimentos de Moradia, Donizete Fernandes de Oliveira.

“Valeu a pena a luta e a gente não desistir, porque em outras gestões, sofremos muito para chegar onde chegamos”, afirmou o coordenador nacional da União dos Movimentos de Moradia.

Butantã
No Butantã estão em obras 1.092 unidades habitacionais (Viela da Paz – Condomínio B, C e E, com 224 unidades; Conjuntos Sapé, com 425 unidades; Real Parque – 2° etapa, com 323; Recanto da Felicidade, com 120 unidades), outras 19 mil serão iniciadas por meio de convênios com empresas particulares. Com esta entrega, são 725 moradias concluídas na região (Real Parque, com 380 moradias; Sapé A, com 75 moradias; Paranapiacaba, com 30 moradias e o Franca, com 240 moradias). Estão prestes a serem iniciadas mais 19.428 unidades.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais