Haddad recebe Medalha da Ordem do Mérito Sambístico

Compartilhar

Durante as comemorações ao Dia Nacional do Samba, celebrado neste dia 2, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, recebeu na noite da última segunda-feira (1º) a Medalha da Ordem do Mérito Sambístico por sua contribuição a esta cultura popular. A homenagem foi feita durante a VI edição da Vigília do Samba, realizada na sede da União das Escolas de Samba Paulistanas (UESP), na Bela Vista, região central da cidade.

“O samba de São Paulo precisa ser muito valorizado, o nosso Carnaval no sambódromo, o nosso Carnaval de rua, o nosso Carnaval de bairro precisam ser valorizados. Eu vejo uma avenida de possibilidades para o samba na nossa cidade. No que depender de nós, estaremos de braços dados com vocês para valorizar essa cultura na nossa cidade”, disse Haddad durante o evento.

O prefeito também destacou os trabalhos da Prefeitura para o apoio ao samba na cidade. “Nós estamos trabalhando em vários níveis. Às vezes as pessoas ficam preocupadas com o desfile no sambódromo e esquecem que o samba é cultura popular. O samba acontece no bairro, acontece na rua, acontece por manifestação espontânea das pessoas e isso tem que ser celebrado também, tem que ser organizado, tem que ser apoiado. Então um grande passo nessa administração é esse, de reconhecer desde os pequenos grupos de bairro que mantém viva a cultura do samba até as grandes escolas que hoje têm projeção internacional, sem dar um peso maior a quem quer que seja. Temos que reconhecer que toda essa cadeia de transmissão de cultura, conhecimento e tradição é importante para manter a cultura viva”, afirmou Haddad.

Constituída em 2011, a Medalha da Ordem do Mérito Sambístico é a principal comenda da UESP, concedida às pessoas, anônimas ou não, que trabalham pelo samba na cidade. “A reunião de hoje também é uma reflexão neste Dia Nacional do Samba a todos aqueles que trabalham ou trabalharam para a comunidade do samba aqui na cidade, para todos aqueles que ajudam a reforçar e espalhar a nossa cultura”, destacou o presidente da UESP, Kaxitu Ricardo Campos.

Também esteve presente na celebração o secretário municipal de Governo, Chico Macena.

Fotos
Crédito: Cesar Ogata/SECOM

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais