Gestão Haddad lança portal Observa Sampa com indicadores da cidade

Compartilhar

O prefeito Fernando Haddad lançou nesta segunda-feira (15) o portal Observa Sampa, ferramenta digital que traz indicadores da cidade, permitindo o monitoramento das ações e resultados das políticas públicas adotadas pela administração municipal. O lançamento ocorreu durante a última reunião ordinária do Conselho da Cidade neste ano, realizada na sede da Prefeitura, região central.


“O observatório ajuda muito a política pública, vai melhorar a qualidade das reivindicações, a consciência sobre os problemas que a cidade enfrenta. São indicadores que podem orientar ações políticas e ações governamentais. É mais uma meta que foi cumprida”, afirmou Haddad. O lançamento do Observatório marca o cumprimento da meta 118 do Programa de Metas 2013-2016.


O Observa Sampa já reúne mais de 280 indicadores, como por exemplo o número de habitantes por conselheiro participativo, a taxa de mortalidade por doenças do aparelho respiratório ou a proporção de gestantes adolescentes. Os dados estão disponíveis em uma plataforma para consulta on-line e também podem ser baixados em formato aberto. O usuário faz buscas por tema e por região e pode também selecionar a visualização dos indicadores por meio de uma tabela, de gráficos ou de mapas. É possível também realizar o cruzamento de dados, comparação e criação de novos indicadores. Para aprimoramento da transparência, a plataforma permite que os cidadãos sugiram a inclusão novas informações.


Segundo a secretária Leda Paulani (Planejamento, Orçamento e Gestão), a maior parte dos dados são produzidos pela administração municipal e são uma ferramenta de participação. “A melhoria de vida da população está associada a alcançar os objetivos estratégicos do programa de metas, que estão associados a indicadores. Então o Observatório permite avaliar se a políticas públicas estão dando resultados ou não. É um instrumento para a população ajudar a Prefeitura na própria elaboração das políticas públicas. Participação sem informação é enganação”, disse a secretária.


Os indicadores são ferramentas para a gestão pública tanto para revelar a situação atual das políticas como para produzir subsídios que permitam acompanhar sua evolução. “[O Observatório] É a democratização de fato de São Paulo. Os invisíveis se tornam visíveis”, afirmou o conselheiro Anderson Lopes de Miranda, coordenador do Movimento Nacional da População de Rua.


As informações reunidas no portal foram levantadas pelo Comitê Intersecretarial de Indicadores, do qual participam representantes da Controladoria Geral do Município (CGM), de 26 secretarias e de empresas públicas municipais. Toda a plataforma foi desenvolvida em software livre.


Crédito foto: Fabio Arantes/Secom

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais