Gestão Haddad lança projeto gastronômico para Mercado Municipal de Pinheiros

Compartilhar

Nesta quinta-feira (18), o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad visitou as instalações do Mercado Municipal de Pinheiros, zona oeste, onde assinou um Termo de Cooperação com o Instituto ATÁ para a execução do projeto “Fortalecimento da Diversidade Gastronômica na Cidade de São Paulo”. A ação tem o intuito de promover os ingredientes da cozinha brasileira, valorizando a segurança alimentar e nutricional, com o envolvimento de toda a cadeia produtiva.

Com a iniciativa, o Mercado Municipal de Pinheiros poderá se tornar um importante ponto de referência, oferecendo produtos e serviços aos consumidores paulistanos e turistas, fortalecendo o processo de revitalização urbanística da região do Largo da Batata. Além disso, a ação contribui para a valorização da diversidade e contempla o tema da segurança alimentar e nutricional dos envolvidos.

“Esse projeto tem a intenção de trazer toda a riqueza gastronômica do Brasil para um local que vai se fortalecer como ponto turístico. Se o Mercado Municipal do centro tem o peso que tem, não é só porque ele é um edifício tombado com uma arquitetura diferente, é porque as pessoas vão lá conhecer um mercado que funciona de uma maneira interessante. Se nós tivermos isso aqui, eu acho que este mercado vai se transformar em um ponto turístico da cidade”, afirmou o prefeito.

O termo de cooperação não envolve a transferência de recursos financeiros, devendo o ATÁ arcar apenas com as custas do Preço Público. A Prefeitura fará a cessão do espaço dos boxes por meio de um Termo de Permissão de Uso, de acordo com a legislação vigente no município. Competirá ao ATÁ garantir que estes espaços atendam aos requisitos higiênico-sanitários gerais e de boas práticas para serviços de alimentação.

“Este termo de cooperação é um projeto de fortalecimento da gastronomia brasileira e da sua diversidade na cidade de São Paulo, que é a marca da gastronomia na América Latina. Em uma cidade que tem esta marca, cresce cada vez mais o interesse em fortalecer os produtos orgânicos, os alimentos que valorizem as diversidades dos saberes e a diversidade cultural”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, Artur Henrique.

Os espaços de cinco boxes do mercado serão ocupados por produtores e associações da região Amazônica, do Cerrado, da Caatinga e da Mata Atlântica. Neles, profissionais preparados poderão informar sobre a proposta do projeto, o perfil dos produtores e características dos produtos e suas regiões.

“O Instituto ATÁ não irá trazer só o ingrediente, não só o sabor, mas a cultura. Cada bioma desse traz com ele o mundo, uma onda de cultura. A maior rede social do mundo não é a internet, o que conecta 7 bilhões de habitantes no mundo é o alimento”, disse o chef Alex Atala, fundador do instituto.

O local contará com um pequeno espaço onde serão servidas refeições para consumo imediato, com cardápio simplificado e cuidadoso, explorando os ingredientes tipicamente brasileiros, abastecido pelos fornecedores do próprio mercado.

A área comum também poderá ser utilizada para cursos, demonstrações e degustações, além de manifestações artísticas, como pocket shows, teatro e exposições. A proposta é que a reforma dos boxes, sob a administração do Instituto ATÁ, comece em janeiro.

O Instituto, também irá realizar uma série de atividades de formação e inclusão socioeducativas, as quais complementam a atuação dos boxes e contribuem para os objetivos do projeto, como oficinas gastronômicas sobre produção, beneficiamento e preparo de alimentos com produtores, chefes e outros profissionais ligados às cadeias produtivas relacionadas ao projeto.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais