Gestão Haddad intensifica ações de zeladoria e políticas públicas no Parque São Miguel, no Grajaú, zona sul

Compartilhar

O município deu início nesta segunda-feira (16) à ação integrada “Prefeitura no Bairro”, iniciativa que levará serviços voltados ao cidadão, intervenções de zeladoria e políticas públicas para os bairros mais distantes e carentes de São Paulo, somando esforços com o governo local. O primeiro bairro beneficiado é o Parque São Miguel, no Grajaú, localizado na subprefeitura de Capela do Socorro, na zona sul. 


"Nosso programa visa trazer a Prefeitura para perto dos bairros, para perto de onde vocês moram. Trazer os serviços e as políticas da Prefeitura para que possamos estar mais próximos. A Prefeitura está em peso aqui para mostrarmos para vocês que não se trata da ação de uma única secretaria. Nós vamos trazer muitos serviços públicos para este local para que a comunidade possa sentir que a Prefeitura está aqui e muito mais perto de vocês", afirmou a vice-prefeita Nádia Campeão, durante a cerimônia que inaugurou o programa.


Com envolvimento de todas as secretarias municipais, por 15 dias, serão intensificados serviços como limpeza de córregos, bocas de lobo, operações Cata Bagulho e Tapa Buraco, além de podas de árvores e manutenções de praças e parques. A região também receberá ações de desratização, melhorias na iluminação pública, limpeza de pontos de descarte irregular de entulhos e instalação de novas sinalizações de trânsito. 


Campanhas de saúde ligadas à vacinação, ao combate da dengue e a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), além da emissão de carteiras de trabalho e cadastros em programas sociais também farão parte da ação integrada. "Esse programa é um esforço a mais que vamos desenvolver para trazermos mais qualidade de vida para todos os bairros da cidade de São Paulo", acrescentou o secretário municipal de Saúde, José de Filippi Júnior. 


Tendas de atendimento ainda receberão os munícipes para registro de reclamações, sugestões e informações sobre programa como habitacionais e de educação. Ainda nesta semana, a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres levará sua unidade móvel do programa “Mulher, viver sem violência” ao local, para o atendimento e orientação de mulheres vítimas de violência doméstica. 


"Este território foi escolhido apresentar grande vulnerabilidade. Estamos em um bairro informal, com ruas irregulares e uma população gigantesca. E é aqui que nós estamos marcando a presença com as ações que a Prefeitura oferece de suas diversas secretarias", disse a subprefeita da região, Cleide Pandolfi. 


Moradora do Grajaú há quase três anos, Sônia Ribeiro, de 41 anos, aprovou a iniciativa. "Essa ação é muito boa, pois facilita o nosso contato com a Prefeitura. Muitas vezes não temos tempo de buscarmos os órgãos responsáveis e, com as secretarias aqui, isso é mais fácil", disse. Também munícipe do bairro, Reginaldo dos Santos Gomes, de 42, aproveitou a manhã para tirar medir sua pressão, que aparentemente estava muito boa. "Essa iniciativa é muita boa. Uma oportunidade para aproveitarmos os serviços que a Prefeitura oferece e que, muitas vezes, sequer conhecemos", disse.


Os trabalhos nas duas semanas de ação serão divididos em duas etapas, sendo a primeira semana de esforços concentrados do Governo e a segunda de ações combinadas da subprefeitura com o governo local. Na sexta-feira da segunda semana de ação integrada, serão apresentados os resultados do “Prefeitura no bairro” na região.


O critério para a escolha dos bairros é baseado em indicadores de vulnerabilidade e demanda por serviços públicos. Os próximos locais que deverão receber a ação integrada são a Vila Brasilina, no distrito do Cursino, na subprefeitura do Ipiranga, na zona sul e os jardins das Oliveiras, Meliunas e Parque Santa Amélia, todos no Itaim Paulista, zona leste. Os jardins João XIII e Arpoador, no Butantã, Limoeiro em São Mateus e Paulistano, na Freguesia do Ó também serão alvos.


Também participaram da cerimônia de inauguração do "Prefeitura no Bairro" os secretários Jilmar Tatto (Transportes), Eduardo Suplicy (Direitos Humanos  e Cidadania), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano), Simão Pedro (Serviços) e Mariane Pinotti (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida).
 

Serviço
Prefeitura no Bairro Parque São Miguel, Grajaú

Endereço: Rua Alziro Pinheiro de Magalhães, 1.038
Data: de a 27 de março
Horário: das 9h às 17h

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais