Conjuntura e perspectivas são discutidas durante os debates preparatórios para o 3° Congresso dos Zonais

Compartilhar

 

O Diretório Municipal realizou no último sábado 21/03 quatro debates preparatórios para o 3° Congresso dos Zonais, que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de Abril. As discussões ocorreram na zona leste 1 e 2; zona sul 1; zona norte. Os eventos envolveram mais de 20 Diretórios Zonais da capital paulista.

“O Sindicalismo e o Partido dos Trabalhadores na luta pelo direito à cidadania”, foi o tema do debate ocorrido na Zona Norte, que contou com a participação do vice-presidente da CUT ( Central Única dos Trabalhadores) e membro da diretoria da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Douglas Martins Izzo; e do membro do Sindesp (Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de São Paulo) e membro da CUT- SP, Vlamir Lima.

Durante o debate Douglas Izzo lembrou a história da criação do PT e da CUT e da diferença que existe entre o partido e a central sindical. Falou sobre as importantes conquistas que foram obtidas ao longo dos anos por ambos. “No PT, em 35 anos, nós conseguimos formar o maior partido de esquerda da América Latina”. Segundo ele com a gestão petista no governo federal houve crescimento econômico com distribuição de renda, ascensão da classe média e saída de milhões da pobreza. Ele Lembrou também da conquista da aprovação do piso nacional federal.

“Construímos um partido, ganhamos a eleição e conseguimos mudar o país, conseguimos avançar, mas não conseguimos enfrentar alguns desafios como a questão da reforma política”, afirmou o diretor da Apeoesp, que também ressaltou a importância do governo enfrentar o desafio da regulamentação dos meios de comunicação e da dificuldade de governar como congresso atual.

O evento na Leste 1 aconteceu sede do DZ Sapopemba e teve como tema do debate “A Democracia, participação popular e o papel dos conselhos”, a discussão contou com a intermediação do presidente do Diretório Municipal Paulo Fiorilo. Na Leste 2 o debate “O governo Dilma e o novo cenário internacional” ocorreu na subsede do sindicato dos químicos em São Miguel e contou com a intervenção do deputado federal Vicente Cândido. A Zona Sul 1 realizou na região da Cidade Dutra o debate sobre “A formação política e a transformação social”. Além de Jorge Coelho, Secretário de Mobilização do Diretório Nacional do PT, a discussão também contou com a intervenção da Secretária de Formação do DMPT- SP, Vera Machado.

Os debates em todas as regiões contaram com a participação dos membros da executiva do Diretório Municipal do PT-SP e dos presidentes dos Diretórios Zonais das regiões. Mais de 300 militantes participaram dos eventos.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais