Gestão Haddad: novos indicadores mostram melhoria na mobilidade

Compartilhar

Estão disponíveis no site do Observatório de Indicadores da Cidade de São Paulo (Observa Sampa) os 16 indicadores da SPTrans, referentes ao tema de Mobilidade Urbana, devidamente atualizados. Os resultados são positivos.

 No final de fevereiro foram atualizados no site do Observatório de Indicadores da Cidade de São Paulo (Observa Sampa) os indicadores da SPTrans, que se referem ao tema da Mobilidade Urbana. De uma forma geral, os índices tiveram evolução positiva, mas alguns se destacaram nesse cenário:

• Somente em 2014 foram implantados 142 km de ciclovia, número mais elevado do que o dobro da soma dos sete anos anteriores;

• A frota de ônibus com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida passou de 59,5% em 2012 para 78,9% em 2014;

• Diminuiu o número de passageiros por veículo da frota municipal de transporte por quilometro percorrido nos dias úteis. Enquanto em 2012 a média era de 830 passageiros, em 2014 esse número diminuiu para 729;

• Em 2014, foram implantados 77,8 km de faixas exclusivas de ônibus;

• Ocorreu substantiva melhora nos tempos médios de percurso das linhas do sistema de transporte. Isso se verificou tanto no pico da manhã, na direção bairro-centro, que diminui de 66 minutos em 2012 para 61 em 2014, quanto no pico da tarde, na direção centro-bairro, que saiu de 69 minutos para 64.

Ao todo, 16 índices foram atualizados: Tempo médio de percurso das linhas do sistema de transporte - pico manhã (em minutos); Tempo médio de espera para embarque nos pontos de parada dos corredores exclusivos monitorados (em minutos); Velocidade comercial média dos veículos do sistema de transporte - pico manhã (em km/h); Nível de limpeza, conservação e manutenção da frota de veículos do sistema de transporte municipal; Frota de ônibus com acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida (%); Tempo médio para transferência dos usuários nos terminais inteligentes – pico da manhã (em minutos); Passageiros por veículo da frota municipal de transporte (por km percorrido); Passageiros por veículo da frota municipal de transporte (por dia); Tempo médio de percurso das linhas do sistema de transporte - pico tarde (em minutos); Corredores exclusivos de ônibus (em km); Índice médio de cumprimento de partidas de ônibus (%); Velocidade comercial média dos veículos do sistema de transporte - pico tarde (em km/h); Lentidão máxima média no trânsito – pico da manhã (em km); Lentidão máxima média no trânsito - pico da tarde (em km); Ciclovias implantadas (em km); e Faixas exclusivas de ônibus implantadas (em km).

Previsões

Periodicamente, assim como esses, outros indicadores também passarão por atualização em datas predeterminadas, num moto-contínuo. A proposta da Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão e Inovação em Serviços Públicos (Cacisp), responsável pelo observatório, é atualizar indicadores no mês seguinte ao da atualização da execução das metas do Programa de Metas 2013-2016, ou seja, em fevereiro, maio e setembro. Mas não todos de uma única vez, pois cada secretaria e cada base de dados tem uma data diferente de atualização. Saúde e Educação, por exemplo, divulgam seus novos índices no mês de maio de cada ano.

O que é e para que serve

O Observatório de Indicadores da Cidade de São Paulo, previsto na meta 118 do Programa de Metas 2013-2016, é um portal com sistema de indicadores georreferenciados da prefeitura e da cidade, acompanhado de análises setoriais importantes para a elaboração e avaliação de políticas públicas.

Lançado em 15 de dezembro de 2014, o Observa Sampa oferece atualmente cerca de 290 indicadores – em séries históricas e mapas –, muitos deles regionalizados por subprefeituras e distritos. Mas esse número pode aumentar, uma vez que todos os órgãos municipais estão sendo incentivados a criar novos.
Dentre os objetivos do observatório estão o aperfeiçoamento das formas de participação popular no monitoramento das políticas públicas, a ampliação dos mecanismos de acesso à informação e a disseminação e produção de estudos e dados que facilitem a cooperação entre os órgãos da prefeitura.

Veja os detalhes no Observa Sampa.

Fonte: Secretaria de Gestão

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais