Programa da gestão Haddad "Prefeitura no Bairro" beneficiará quase 70 mil pessoas no Itaim Paulista, na zona leste

Compartilhar

 

As ações do Prefeitura no Bairro beneficiarão esta semana quase 70 mil pessoas no Itaim Paulista, na zona leste da Capital. Na terceira edição do programa, postos de atendimento estão concentrados no Parque Santa Amélia e serão realizadas operações especiais nas 125 ruas da região, beneficiando também o Jardim das Oliveiras e o Jardim Miliunas. A vice-prefeita Nádia Campeão abriu nesta segunda-feira (6) os trabalhos no bairro, que seguem até 17 de abril.

Para Nádia Campeão, o objetivo é levar a Prefeitura para perto dos moradores. “Todos os serviços da Prefeitura que nós conseguimos organizar vão ficar aqui. Vamos trazer os serviços e também conversar com a comunidade, mostrando o esforço que a Prefeitura está fazendo para poder dar conta dos desafios da cidade”, afirmou a vice-prefeita.

As ruas do bairro receberão operações de zeladoria, com limpeza de bueiros, troca de tampa de boca de lobo, capinação, cata bagulho e manutenção de praças e calçadas. A Secretaria de Serviços, por sua vez, trabalhará para eliminar os pontos viciados de descarte irregular de lixo e para melhorar a iluminação pública na região.

No parque, foram instalados postos de atendimento das secretarias, em que poderão ser solicitados serviços e orientações em áreas como zeladoria, trânsito, saúde, direitos das mulheres e das pessoas com deficiência, assistência social, direitos humanos, trabalho e saúde. A lista completa está disponível abaixo.

O programa tem também como objetivo ampliar o diálogo entre as comunidades e a administração municipal. “Na próxima sexta-feira tem reunião do conselho participativo e eu venho aqui para conversar com vocês. Pode participar o pessoal de associação de moradores, de entidades, quem quiser dialogar”, convidou o secretário Alexandre Padilha (Relações Governamentais).

A subprefeitura do Itaim Paulista foi pioneira em promover ações integradas nos bairros, o que inspirou a criação do Prefeitura no Bairro. “Todas as residências serão visitadas para ações de combate à dengue e todas as políticas públicas vão estar presentes. Nosso lema aqui é rua por rua, casa por casa, bairro por bairro”, explicou o subprefeito Miguel Gianetti (Itaim Paulista).

Segundo o subprefeito, a administração local atuará intensivamente na área durante 30 dias. Serão também realizadas ações em parceria com as prefeituras de Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos. Outros parceiros são a companhia de saneamento Sabesp, a concessionária AES Eletropaulo e a secretaria estadual de Justiça e Defesa da Cidadania.

“Este bairro vai ser transformado, com as ruas pintadas pela CET, o pessoal da usina de asfalto está aqui para tapar os buracos, podar as árvores, o parque também vai ser limpo e organizado, a área de saúde com combate à dengue. A Prefeitura mostra a força que tem”, disse o secretário Ricardo Teixeira (Coordenação das Subprefeituras).

Para a comunidade, a presença do programa é positiva. “O Jardim das Oliveiras é 30% do Itaim Paulista. É um bairro dormitório e está faltando muita coisa para a gente. A comunidade aqui é receptiva, porque para a gente isto é um megaevento”, disse Renato Vitorato, da Associação Comunitária do Jardim das Oliveiras.

A abertura da ação foi também acompanhada pelos secretários Eduardo Suplicy (Direitos Humanos e Cidadania), Denise Motta Dau (Políticas para Mulheres), Mariane Pinotti (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida), Arthur Henrique (Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo) e Simão Pedro (Serviços).

As próximas ações acontecerão em 13 de abril no bairro Raposo Tavares, na subprefeitura Butantã, em 27 de abril na subprefeitura de São Mateus e em 4 de maio no Jardim Elisa Maria, na subprefeitura da Freguesia/ Brasilândia. As duas primeiras edições do programa aconteceram nos bairros Parque São Miguel, no Grajaú, zona sul, e Vila Brasilina, no Ipiranga, zona sul. O critério para a escolha dos bairros é baseado em indicadores de vulnerabilidade e demanda por serviços públicos.

Serviços oferecidos no Prefeitura no Bairro:
- Manutenção de ruas, calçadas, praças e iluminação pública;
- CET no seu bairro
- Operação Cata-bagulho e mutirão de limpeza
- Emissão de carteira de trabalho e seguro desemprego
- Atividades de cultura, esporte e lazer
- Serviços e atividades para idosos
- Ações voltadas à juventude
- Mutirão nas escolas municipais
- Distribuição de mudas e plantio de árvores
- Ações contra dengue e campanha de vacinação
- Vacinação de animais de estimação
- Campanha de desarmamento
- Inscrição no Pronatec
- Ações preventivas e denúncias ao Conselho Tutelar
- Cadastro único para programas sociais
- Orientação às mulheres vítimas de violência
- Encaminhamento às unidades CRAS E CREAS
- CIC Leste – certidões: nascimento, casamento e óbito
- Casamento civil comunitário
- PROCOM
- RG – agendamento
- Defensoria Pública


Crédito foto: Cesar Ogata/SECOM

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais