Haddad sanciona lei para fortalecer combate a corrupção com ampliação da CGM

Compartilhar

 

Medida garantirá o combate à corrupção com estrutura permanente no Executivo. Administração vai contratar Auditores Municipais de Controle Interno e Analistas de Políticas Públicas e Gestão Governamental

 

Com o intuito de fortalecer a Controladoria Geral do Município (CGM), o prefeito Fernando Haddad sancionou nesta quarta-feira (6) a Lei nº 16.193/15, que cria 100 cargos de Auditor Municipal de Controle Interno. A contratação dos novos auditores, por meio de concurso público ou prova de títulos, irá intensificar o combate à corrupção de forma permanente no município, com a criação de uma estrutura que servirá para as futuras gestões.

 

A Controladoria Geral do Município foi criada em maio de 2013 pelo prefeito Fernando Haddad e atua para prevenir e combater a corrupção, garantir a defesa do patrimônio público e promover a transparência e a participação social. O projeto de lei para reforça-la, de iniciativa do Executivo, foi encaminhado à Câmara em junho de 2014 e tramitou por quase dez meses na Casa.

 

Secretaria Municipal de Gestão também terá novos cargos

 

A Lei nº 16.193/15 também cria 200 vagas de Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental, lotadas na Secretaria Municipal de Gestão. Ao lado dos 100 auditores, os cargos compõem o Quadro de Profissionais de Gestão Governamental (QPGG).

 

Os funcionários terão regime de remuneração por subsídio, e as carreiras serão compostas por três níveis de atuação. As remunerações serão a partir de R$ 9.000 para a carreira de Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental (APPGG) e de R$ 13.900 para Auditores Municipais de Controle Interno (AMCI).

 

Pela complexidade e responsabilidade de suas funções, também será exigida a formação de nível superior. Os ingressantes estarão sujeitos à jornada básica de 40 horas semanais.

 

Os concursos públicos para provimento dos cargos poderão ser realizados por áreas de especialização, de acordo com o edital de abertura, conforme as necessidades da administração. Também serão realizados cursos de formação como etapa classificatória e eliminatória dos concursos.

 

As principais atribuições dos Auditores Municipais de Controle Interno e dos Analistas de Políticas Públicas e Gestão Governamental estão descritas abaixo.


Auditor Municipal de Controle Interno

Os auditores municipais de controle interno serão lotados na Controladoria Geral do Município. Entre suas atribuições estão:

  • A execução de atividades de controle interno, correição, ouvidoria e promoção da integridade pública, da gestão pública ética, responsável e transparente, na administração direta e indireta do município;
  • A execução de auditorias, fiscalizações, diligências e demais ações de controle e de apoio à gestão, nas suas diversas modalidades, relacionadas à aplicação de recursos públicos, bem como à administração desses recursos, examinando a legalidade, legitimidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade, eficiência e efetividade dos atos governamentais, em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, podendo, inclusive, apurar atos ou fatos praticados por agentes públicos ou privados na utilização de recursos do município;
  • A realização de estudos e trabalhos técnicos que promovam o incremento da transparência pública, a participação da sociedade civil na prevenção da corrupção e o fortalecimento do controle social;
  • A realização de atividades inerentes à garantia da regularidade das sindicâncias e dos processos administrativos disciplinares instaurados no âmbito da Administração Municipal;
  • A realização de estudos e trabalhos técnicos que contribuam para a promoção da ética e para o fortalecimento da integridade das instituições públicas.

Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental


Lotados na Secretaria Municipal de Gestão, os analistas de Políticas Públicas e Gestão Governamental serão responsáveis pela implementação, supervisão, coordenação, execução, monitoramento e avaliação de projetos, atividades e políticas públicas do município.

As competências dos analistas envolverão, entre outras, as áreas de planejamento e orçamento governamentais, gestão de pessoas, gestão da tecnologia da informação, gestão de recursos logísticos, gestão de recursos materiais, gestão do patrimônio e gestão de processos participativos, bem como a modernização da gestão e a racionalização de processos.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais