Gestão Haddad: Prefeitura no Bairro beneficiará mais de 290 mil moradores no Jardim Ângela

Compartilhar

Mais de 290 mil moradores do Jardim Ângela, na zona sul, serão beneficiados nos próximos 15 dias com as ações concentradas do programa Prefeitura no Bairro, que leva serviços e políticas públicas de maneira intensiva a locais com alta vulnerabilidade social. Em sua sétima edição, a iniciativa instalou postos de atendimento na Praça do Bambuzal, no Jardim Caiçara. A vice-prefeita Nádia Campeão abriu nesta segunda-feira (11) os trabalhos, que também incluem serviços de zeladoria e limpeza no bairro.


“Estamos levando este programa para a cidade toda e vamos ficar 15 dias aqui com todas as áreas do governo municipal. Nós estamos aqui para a aproximar a Prefeitura do Bairro, porque é difícil para os moradores irem até a administração municipal para pedir um serviço”, afirmou a vice-prefeita, que também coordena o Comitê Integrado de Subprefeituras (CIS).


Durante duas semanas, ações de zeladoria serão intensificadas nos 37 quilômetros quadrados do bairro. Estão previstos serviços de limpeza, capinação, tapa-buraco e atividades de conservação de áreas verdes, poda de árvores, manutenção de galerias, vielas e sarjetões.


Os trabalhos da ação serão divididos em duas etapas, sendo a primeira semana de esforços concentrados da administração municipal com foco no atendimento à população, e a segunda de ações combinadas pela subprefeitura para melhorias na região. Serão beneficiadas as áreas do Jardim Caiçara, Paranapanema, Jardim Tamoio e Morro do Índio. “É um bairro de muita necessidade, de muita carência, então a gente queria que todos trouxessem suas demandas e solicitações, que serão recebidas aqui na tenda”, convidou o subprefeito do M’Boi Mirim, Nerilton Antonio do Amaral.


Na Praça do Bambuzal, tendas com equipes de órgãos públicos receberão solicitações, oferecerão orientações e encaminhamentos. Um dos objetivos é ampliar o diálogo com a comunidade do bairro. “O M’Boi Mirim é um bairro baseado em lutas. Temos que parabenizar a iniciativa de vir aqui para discutir o que precisa ser feito e temos muitas demandas para apresentar”, disse Antônio Eugênio, presidente da Associação de Moradores do Jardim Paranapanema.


Entre os serviços disponíveis na praça, estão orientação especializada sobre direitos das mulheres e das pessoas com deficiência. O setor de assistência social disponibiliza cadastro em programas sociais. Segundo a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a região deverá ganhar dois novos equipamentos da pasta. Na área de saúde, o destaque é um posto de vacinação para aplicar a vacina da gripe em idosos, profissionais da saúde, gestantes, população indígena, crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias e quem tem doenças crônicas

 

Um posto de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) foi disponibilizado para receber solicitações e sugestões sobre o trânsito. “Esses trabalhos fazem com que a CET esteja presente nas regiões mais distantes da cidade. Com o crescimento econômico do país e com o aumento de renda da população, todos tiveram a oportunidade de comprar carro. Então temos que garantir condições em relação ao trânsito e à segurança das pessoas, colocando sinalização nos bairros”, explicou o secretário Jilmar Tatto (Transportes). O M'Boi Mirim recebe atualmente obras de mobilidade importantes, como revitalização do corredor de ônibus da Estrada do M’Boi Mirim e as intervenções na área do córrego Ponte Baixa, que incluem viadutos e nova avenida na região.


Na abertura do programa, o secretário Simão Pedro (Serviços) também anunciou a reativação do Telecentro Bambuzal, que funciona junto ao ponto de leitura existente na Praça do Bambuzal. “Estamos aqui com a demanda de reabertura do telecentro neste local, e quero anunciar que vamos trabalhar para que no fim desta semana o equipamento esteja funcionando”, disse o secretário. Outra melhoria prevista para a praça será a instalação de nova iluminação.


As tendas do Prefeitura no Bairro oferecem ainda atendimentos nas áreas de trabalho,  mediação de conflitos, educação, esportes, meio ambiente e transportes. Veja a lista completa abaixo.


Também acompanharam a abertura dos trabalhos os secretários Denise Motta Dau (Políticas para Mulheres), Ricardo Teixeira (Coordenação das Subprefeituras) e Mariane Pinotti (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida).

Programação – Prefeitura no Bairro – Jardim Ângela

Zeladoria e Manutenção: Praça de Atendimento; limpeza de bueiros, galerias, tubos e conexões e córregos; operações Cata-Bagulho e Tapa-Buraco; poda de árvores; limpeza de praças e áreas ajardinadas.

Verde e Meio Ambiente: Ações de educação ambiental e distribuição de mudas para a população.

Saúde: Campanhas de vacinação e orientações a crianças, adolescentes, adultos e idosos, campanha contra dengue, contra doenças sinantrópicas (causadas por pombos, escorpiões, abelhas, formigas etc.), cuidados, tratamento e vacinação de animais de estimação, desratização e teste de HIV/DSTs.

Serviços: Pintura de guias, remoção de propaganda irregular, manutenção da rede pública de iluminação, varrição das ruas e limpeza de pontos viciados.

Transportes: Atendimento da SPTrans, CET no seu Bairro, sinalização de postos de saúde e escolas.

Educação: Mutirão de poda de árvores nas escolas, palestras sobre educação ambiental, sobre cultura infantil e popular, sobre o protagonismo além dos muros da escola e ações de inclusão social.

Cultura: Ônibus-biblioteca e atividades culturais.

Habitação: Orientação sobre questão habitacional e cadastramento de comunidades.

Mulheres: Ônibus de atendimento do programa “Mulher, Viver sem Violência”.

Direitos Humanos: ações voltadas à juventude, serviços para idosos, atendimento do Conselho Tutelar.

Trabalho: CAT Móvel com emissão carteira de trabalho, preparação de currículo, seguro-desemprego.

Assistência e Desenvolvimento Social: Inclusão das famílias em programas de transferência de renda, revisão cadastral, atualização de dados no CADUnico, orientações a respeito de benefícios eventuais, encaminhamentos às Unidades CRAS / CREAS para atendimento social (se necessário).

Promoção da Igualdade Racial: Pancadão, com divulgação do projeto “Funk SP”, e do que já foi feito na região. Orientação sobre ocupação de vias públicas, atividades voltadas à juventude, apresentação dos serviços voltados para saúde da população negra (em parceira com a SMS).

Segurança Urbana: Campanha de desarmamento e mediação de conflitos.

Defesa Civil: Orientação sobre áreas de risco e riscos de enchente.

Esporte: Saúde no Esporte (orientações para prática esportiva) e atividades lúdicas (brincadeiras, pinturas).

 

Edições anteriores

A última edição do Prefeitura no Bairro aconteceu no Jardim Elisa Maria, Brasilândia, zona norte. No local, os postos de atendimento do programa Prefeitura no Bairro realizaram 1170 atendimentos.


Edições anteriores do programa também aconteceram no Iguatemi, em São Mateus, zona leste; no distrito Raposo Tavares, no Butantã, zona oeste; no Jardim das Oliveiras e Jardim Miliunas, no Itaim Paulista, zona leste; no Parque São Miguel, no Grajaú, zona sul; e na Vila Brasilina, no Ipiranga, zona sul. O critério para a escolha dos bairros é baseado em indicadores de vulnerabilidade e demanda por serviços públicos.


Agenda

Veja o calendário para as próximas ações:

- 18 de maio: subprefeitura de Itaquera

- 25 de maio: subprefeitura de Pirituba/Jaraguá

- 1º de junho: subprefeitura de Cidade Ademar

- 8 de junho: subprefeitura da Vila Maria/Vila Guilherme

- 15 de junho: subprefeitura de Campo Limpo

- 22 de junho: subprefeitura Jaçanã/Tremembé

- 29 de junho: subprefeitura de Casa Verde

- 6 de julho: subprefeitura de Sapopemba

- 13 de julho: subprefeitura de Ermelino Matarazzo

- 20 de julho: subprefeitura de Guaianases

- 27 de julho: subprefeitura da Lapa

Fonte: Prefeitura de SP -  Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais