Haddad entrega 220 de apartamentos em São Mateus

Compartilhar

 

O prefeito Fernando Haddad inaugurou na manhã desta quinta-feira (2) o Conjunto Habitacional São Francisco, localizado em São Mateus, zona leste da cidade. Foram entregues 220 apartamentos de aproximadamente 45 m², cada um deles com dois dormitórios, sala, cozinha, área de serviço e banheiro.

"Queremos que vocês sejam muito felizes aqui. Isso aqui vai proporcionar a vocês mais segurança. Não há nada como ter um endereço, um patrimônio. Moradia, transporte público e educação é bom para todo mundo e é por isso que lutamos", disse Haddad.  

As famílias contempladas estavam recebendo auxílio moradia há dois anos, após terem sido removidas de frentes de obras públicas. Ao todo, o conjunto contempla 552 apartamentos, beneficiando 15 mil famílias com todas as obras de urbanização, infraestrutura e novas moradias populares na comunidade de São Mateus.

"Quando entregamos uma moradia, não se trata apenas de um apartamento bonito, um prédio de concreto. As famílias beneficiadas ganham condições para fazer valer a cidadania que todo brasileiro merece", afirmou Lucia Helena da Silva, superintendente regional da Sé da Caixa Econômica Federal.

Para a construção das 220 unidades habitacionais, distribuídas em onze prédios, foram investidos R$ 15,9 milhões, sendo R$ 14,4 milhões do Governo Federal, via Programa de Aceleração do Crescimento, e R$ 1,5 milhão da Prefeitura. Os ambientes externos do conjunto ganharam tratamento paisagístico, com lazer condominial coberto e playground.

A diarista Maria Devacir dos Santos, de 50 anos, estava há quase cinco anos a espera da casa própria. No final de junho deste ano, mudou-se para o apartamento do Residencial Rua das Flores, que divide com dois filhos. "Estou muito feliz! É maravilhoso ter um canto para chamar de meu. É de um conforto tremendo saber que o dinheiro que gasto neste apartamento é, na verdade, um investimento. Não corro mais o risco de ser despejada de uma hora para outra", disse.

“Queria desejar muita felicidade às famílias que estão recebendo suas unidades. É importante que todos os cidadãos continuem acreditando no programa habitacional de São Paulo, pois estamos fazendo todo esforço possível para desenvolver o Programa de Metas", afirmou o secretário municipal de Habitação, José Floriano.

Entre as metas relacionadas à área de habitação, a Prefeitura pretende obter de terrenos, licitar e a construir de 55 mil unidades habitacionais até o fim da atual gestão, além de beneficiar 200 mil famílias no Programa de Regularização Fundiária. Na ocasião, o secretário anunciou que o processo de regularização fundiária do Jardim São Francisco tem caminhado e que, a partir de agosto, centenas de unidades receberão títulos de propriedade. 


Comunidade Jardim São Francisco

Desde 2010, foram construídos 552 apartamentos, após a implantação de obras de drenagem, rede de água e esgoto, guias, pavimentação, terraplanagem, canalização e consolidação geotécnica. Essas intervenções representam um investimento de R$ 159 milhões – sendo R$ 129 milhões da Prefeitura e 30 milhões do PAC.

Central de Tratamento de Resíduos Leste

Também nesta quinta-feira, o prefeito visitou o Aterro São João e a obras para a ampliação da Central de Tratamento de Resíduos Leste, que atualmente recebe 7,1 mil toneladas de lixo por dia. Após as intervenções, o aterro terá capacidade para o armazenamento de 26,8 milhões toneladas de resíduos por 12 anos.


As obras serão executadas em cinco fases. As duas primeiras para a execução de um desvio provisório para antiga Avenida Sapopemba e a sua a realocação com 3,3 kmde pista e a construção de um viaduto de 140 metros de extensão, além de uma área de 112 mil m² impermeabilizada para disposição de resíduos. 


As fases 3 e 4 contam com o remanejamento e a construção de lagoas de acumulação e tratamento preliminar de chorume, de estruturas de apoio operacional e uma área impermeabilizada com 60 mil m² para disposição de resíduos. Na última fase, haverá ainda a disposição de resíduos por meio do aumento de cota. 


Também participaram da visita a vice-prefeita e coordenadora do Comitê Integrado das Subprefeituras (CIS), Nádia Campeão, e os secretários municipais de Serviços e Comunicação, Simão Pedro e Nunzio Briguglio, respectivamente.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais