Gestão Haddad cede terreno em Itaquera para construção de centro cultural

Compartilhar

 

O prefeito Fernando Haddad assinou nesta quarta-feira (5) a cessão de um terreno de mais de 40 mil metros quadrados em Itaquera, zona leste, para a instalação de um complexo cultural, que será construído pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O equipamento integrará o Polo Institucional de Itaquera, iniciativa de atração de investimentos e de implantação de equipamentos para o desenvolvimento local.

“Quando este equipamento estiver pronto, o polo de Itaquera vai se transformar ainda mais. Já tem Fatec [Faculdade de Tecnologia] e Etec [Escola Técnica Estadual], vai ter Sesi e Senai, complexo cultural, a arena e a lei de incentivo da zona leste. Tudo isso vai se combinando virtuosamente para mudar a cara da zona leste, onde vivem 4 milhões de moradores”, afirmou Haddad.

De acordo com o documento assinado nesta manhã, o terreno localizado entre as avenidas Professor Engenheiro Andervan Machado e Miguel Inácio Curi foi cedido por 99 anos. No total, são 40.674,48 metros quadrados de área, ao lado da Arena Corinthians e da estação Corinthians-Itaquera do metrô.

O complexo cultural terá um teatro com 800 lugares com palco reversível, o que permite atender por volta de mais 1.500 pessoas ao ar livre. No local serão oferecidos cursos de formação e especialização em arte e cultura e um centro de incentivo à matemática e às ciências, com midiateca e exposições temporárias. A previsão é que sejam investidos R$ 32 milhões.

O projeto apresentado nesta manhã prevê 8,5 milhões de metros quadrados de área construída, integrados à praça existente no local. A construção terá acessibilidade e recursos de sustentabilidade, como reuso de água, eficiência energética e telhado verde.

“Há uma carência na zona leste de São Paulo de um centro cultural, de teatro. Essa parceria com a prefeitura permite que o Sesi construa este complexo para atender milhões de pessoas. Com a assinatura desta escritura, dentro de dois anos e meio a três anos poderemos inaugurar este centro cultural”, disse Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Acompanharam a cerimônia a vice-prefeita Nádia Campeão e os secretários municipais Luciana Temer (Assistência e Desenvolvimento Social), Gabriel Chalita (Educação), Francisco Macena (Governo), Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano) e Nunzio Briguglio (Comunicação).


Escolas
O Polo Institucional de Itaquera receberá também um complexo educacional com escolas do Sesi e do Senai. Para viabilizar investimentos privados de R$ 113,8 milhões, a prefeitura cederá mais 5 mil metros quadrados de terreno no local, por meio de projeto encaminhado à Câmara Municipal. A escola do Sesi terá  13.000 metros quadrados, onde estudarão 36 turmas de ensino fundamental e 12 turmas de ensino médio, em um total de cerca de 1.500 alunos.

Já a escola do Senai terá 17.500 metros quadrados e oferecerá em média 20.000 matrículas por ano, em cursos profissionalizantes e técnicos em áreas como metalmecânica, telecomunicações, meio ambiente, design, logística, alimentos, entre outros.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais