Gestão Haddad inicia obras de nova unidade de saúde no Jardim Romano

Compartilhar

 

O Jardim Romano, na zona leste, ganhará uma nova Unidade de Básica de Saúde Integral (UBS). A UBS Integral Jardim Helena (Romano III) teve obras iniciadas nesta quinta-feira (17) em terreno de 2.285 metros quadrados próximo ao Centro de Educação Unificada (CEU) Três Pontes. O prefeito Fernando Haddad visitou nesta manhã o canteiro de obras do equipamento.

“Não tem paralelo na história de São Paulo a quantidade de equipamentos novos. São três hospitais gerais, 20 hospitais-dia, 16 UBSs novas e mais 15 UPAs. Apesar da crise, São Paulo não pode parar. Temos que cuidar das pessoas”, afirmou Haddad. No total, a região de São Miguel Paulista e Itaim Paulista recebe R$ 22,9 milhões em investimentos para saúde pública, com a construção de quatro UBSs e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A nova unidade de saúde do Jardim Romano terá 1.359 metros quadrados, em dois pavimentos com elevador. Terá dez consultórios, sendo um acessível para pessoas com deficiência, dois projetados para atendimentos de ginecologia, um para psicologia e um para fonoaudiologia. Contará também com espaço apropriado para odontologia, que comportará quatro equipes, com sala de escovação e raio-x. Salas serão destinadas para enfermagem, coleta de exames, inalação, medicação, vacina, curativo e observação de pacientes. Haverá ainda brinquedoteca e auditório para reuniões e atividades em grupo.

“Além da quantidade de novas unidades, é importante a qualidade delas. Aqui vai ser aquela unidade em que médico nenhum vai poder dizer que não tem estrutura para atender o povo. Com a iniciativa de colocar a UBS, as pessoas daqui vão poder cuidar da saúde, se prevenir e evitar problemas mais graves”, disse o secretário Alexandre Padilha (Saúde).

A UBS recebe investimentos de R$ 3,845 milhões e tem como objetivo atender a demanda trazida por novos conjuntos residenciais construídos no bairro, onde moram cerca de 800 famílias. “Consegui conquistar a casa própria e moro aqui há um ano e meio. Eu não tenho carro, então se eu precisar de ajuda, teremos o posto aqui no bairro. Por isso é importante atendimento perto de casa”, conta Valdete Pereira Carvalho Borba, 53 anos, síndica de um dos novos prédios.

A obra é uma reivindicação da população aprovada na Conferência Municipal de Saúde de 2013. A previsão é que a construção seja realizada em cerca de um ano. Atualmente, estão em execução movimentação de terra, montagem de canteiro de obras e início das fundações.

Na região, estão em obras mais três UBSs: Encosta Norte, no Itaim Paulista, Jardim São Carlos, na Vila Norma, e Cidade Nova São Miguel, na Vila Rosária. Também será aberta a UPA Tito Lopes, na avenida Pires do Rio, na Vila Americana.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais