Saúde em Movimento: de São Miguel a Itaquera

Compartilhar

 

Secretário de Saúde vistoriou obras de novas UBS integrais e visitou dois serviços em funcionamento em Itaquera

 

Na terceira edição do Saúde em Movimento na região Leste de São Paulo, o secretário Municipal de Saúde Alexandre Padilha visitou, na manhã desta sexta-feira (18), com subprefeito de São Miguel, Adalberto (Tim Maia), a coordenadora Regional de Saúde Leste, Claudia Afonso, e a supervisora de Saúde, Eliete Favaro, os canteiros de obras das futuras unidades básicas de saúde integrais (UBSI) do Jardim São Carlos e Cidade Nova São Miguel. Os dois equipamentos integram o Plano de Metas do Governo Haddad.

 Cerca de R$ 7 milhões serão investidos nos dois equipamentos do distrito de São Miguel Paulista. A região Leste será beneficiada pela construção de mais quatro unidades básicas de saúde (Encosta Norte, no Itaim Paulista; Cidade Nova São Miguel e Jardim São Carlos, em São Miguel; Jardim Helena/ Jardim Romano, no limite com Itaim Paulista; Nascer do Sol, na Cidade Tiradentes), que recebem investimentos da ordem de 27 milhões, se incluirmos a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h Tito Lopes, também em construção a partir desse semestre. “Melhorar a qualidade do atendimento, atender bem as pessoas e fortalecer a atenção básica”, destacou o secretário Municipal de Saúde, como os principais desafios de sua ação neste um ano e meio.

 

 

UBSI Jardim São Carlos

Bem cedo, agentes comunitárias de saúde, lideranças e dezenas dos moradores se reuniram no terreno de 1.462 m² onde será construída a UBSI Jardim São Carlos, para conversar com o secretário de Saúde e conhecer o projeto. A partir de setembro de 2016 o novo equipamento beneficiará, aproximadamente, 22 mil pessoas que vivem em uma região de alta vulnerabilidade.

 

Estou muito feliz, mas vendo de modo tardio algo que era para ter sido construído lá atrás, quando fizemos o primeiro projeto e não saiu a UBS porque perdemos na política [eleição]. E, antigamente, o povo tinha direito somente quando elegia representantes da extrema direita, hoje não é mais assim. Temos democracia”, ressaltou Iolanda Elizabeth da Silva Rangel, moradora há mais de 30 anos no Jardim São Carlos, foi candidata a vereadora e uma das principais defensoras da construção da UBS em conferências de saúde e no Orçamento Participativo.

 

Reivindicação histórica, de mais de dez anos, apresentada por lideranças do Movimento de Saúde da zona Leste, o projeto executivo da UBI Jardim São Carlos prevê dez consultórios médicos, de enfermagem e odontológico, além de salas de vacina, inalação, curativo, escovódromo, sala para agentes comunitários de saúde, espaço para atividades educativas em grupo, ouvidoria e área administrativa.

 

Maria de Lurdes de Assis, popularmente conhecida como Pantera, presidente da Sociedade Amigos de Bairro do Jardim São Carlos, se emociona ao relembrar a luta. “Faz 15 anos que lutamos por essa unidade de saúde. Contamos as casas de todas as famílias da região, de sol a sol, pessoa por pessoa. Portanto, é a vitória de uma luta essa unidade; gratificante demais”, revela a líder comunitária, que em 2001 ajudou a criar um conselho popular do posto de saúde em defesa do equipamento.

 

Com investimento de R$ 3.102.405,78, a obra está sendo executada pela Scopus Construtora e garantirá acessibilidade aos moradores dos bairros Jardim São Carlos, Vila Monte Santo e do conjunto habitacional do CDHU São Carlos, hoje atendidos nas UBS Jardim Camélias e Vila Jacuí.

 

Cidade Nova terá UBS Integral

Em seguida, o secretário visitou o canteiro de obras da nova UBSI Cidade Nova São Miguel. As ruínas do antigo prédio do Sacolão foram completamente removidas e a obra já entra na fase da fundação. Acompanhado por moradores e conselheiros, o secretário esteve no prédio atual da UBS, um dos menores na cidade, 388 metros², onde estão cadastradas 4.039 famílias.

 

A nova área, de 2.983 metros², abrigará mais duas equipes de saúde da família e três equipes de saúde bucal, o que possibilitará expandir a capacidade de atendimento de 16 mil para 24 mil pessoas. Com dois pavimentos, a UBSI  terá dez consultórios médicos, consultórios de enfermagem, odontológico, salas de vacina, inalação, curativo, escovódromo, sala para agentes comunitários de saúde, espaço para atividades educativas em grupo, ouvidoria e área administrativa. Os investimentos para a construção da UBSI são de R$ 4,53 milhões e beneficiarão também os moradores do Jardim São Vicente e Vila Rosária.

 

Nota Dez

Na UBS Ramos, em Itaquera, o secretário conheceu o serviço, percorreu os consultórios e até conversou com pacientes em atendimento. “É dez e ela tem que continuar aqui”, respondeu o senhor Antonio Silva, ao ser perguntado pelo secretário sobre a qualidade da consulta com a médica haitiana, Pascale Buon. A profissional chegou à UBS junto com mais dois médicos haitianos, no ano passado, pelo Programa Mais Médicos do Brasil. Juntos eles preencheram três das sete equipes de Estratégia Saúde da Família.

 

O secretário de Saúde finalizou a ação Saúde em Movimento na UBSI José Bonifácio III, recentemente reformada para integrar o atendimento da UBS e da AMA e garantir melhor atendimento no território com aproximadamente 29 mil habitantes. “Não pode ter porta fechada, o acolhimento a quem chega no serviço tem de ser integral. O que estamos fazendo é derrubar a parede entre a UBS e o Pronto Atendimento, com a integração desses serviços”, explicou o secretário ao bancário aposentado, Sebastião Inácio Cavalcanti.

 

Padilha afirmou que até o final de setembro este e outros serviços, que passaram a ser gerenciados em parceria com as organizações sociais contempladas no chamamento público, terão suplementação de novos profissionais médicos para preenchimento das vagas, uma das principais reclamações no diálogo com a população.

 

Fonte: Texto e fotos - Cecília Figueiredo (colaborou Vanessa Santos)

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais