Gestão Haddad: Ônibus da madrugada transportaram quase 5 milhões de passageiros em seis meses

Compartilhar

 

Em seis meses de funcionamento, a rede de ônibus da madrugada já transportou 4,96 milhões de passageiros, beneficiando principalmente os profissionais da cidade. Uma pesquisa da São Paulo Transportes (SP Trans) revela que 78% dos usuários do Noturno utilizam o serviço para ir e voltar do trabalho. As 151 linhas da rede operam da meia-noite às 4h e cobrem os principais trajetos na cidade, incluindo os bairros e percursos do metrô.


Desde a sua implementação, em fevereiro de 2015, o Noturno tem apresentado crescimento na demanda. Em março, foram transportados 712.765 passageiros, enquanto em agosto foram 877.672 mil, um crescimento de 23%.


Os ônibus noturnos atendem a uma parcela de trabalhadores que não contavam com uma opção de transporte público para se deslocarem para o local de trabalho ou de volta para casa. De acordo com levantamento da São Paulo Transportes (SPTrans), 44,7% dos usuários da madrugada não utilizavam transporte coletivo por falta de oferta.


O perfil dos passageiros mostra que 75,3% são trabalhadores do setor de serviços. A maior parcela é formada por homens, que somam 65,1% do total. Quase metade dos usuários são jovens entre 16 e 25 anos (42,9%) e completaram, pelo menos, o Ensino Médio (52,6%). Nas linhas da madrugada, 17% dos passageiros utilizam o transporte coletivo para atividades de lazer e 3% para estudar.


O estudo, coordenado pela Diretoria de Planejamento da SPTrans, entrevistou 1.440 pessoas que utilizavam 50 linhas de ônibus, sendo 12 delas integrantes do projeto piloto do serviço.


O Noturno conta com uma frota de 475 ônibus e 71 veículos reserva operando em 151 linhas. São 50 linhas estruturais, nos grandes corredores, e 101 linhas locais, nos bairros, que passam por 32 terminais e 160 conexões. Nas linhas estruturais, o intervalo entre os ônibus é de 15 minutos, enquanto nas linhas locais é de 30 minutos. Todas as informações sobre as linhas estão disponíveis na página da SPTrans


Outra alternativa para saber os horários e linhas disponíveis é utilizar o aplicativo Coletivo da Madrugada, já disponível para download. Pelo celular, é possível consultar o ponto de ônibus mais próximo, o horário que cada linha passará pelo local e os ônibus que circulam pela região em tempo real. O download é gratuito, e o aplicativo é compatível com celulares com sistema Android.


O planejamento da rede privilegiou locais que abrigam serviços públicos 24 horas, como hospitais e delegacias, e regiões que concentram oferta de entretenimento, como casas de espetáculos, bares e restaurantes. Também serve trajetos feitos pelas linhas de metrô, que não opera de madrugada. A gestão do serviço é feita por operação controlada, o que aumenta o índice de cumprimento de partidas e agiliza a correção de eventuais falhas. Os usuários do serviço aprovam a rede e o índice de reclamações mês a mês é baixo, conforme registros da SPTrans.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais