Circuito Municipal de Cultura levará 1.500 atrações gratuitas para quase 150 locais da cidade

Compartilhar

 

A segunda etapa do Circuito Municipal de Cultural 2015, que começa nesta quinta-feira (1º) e seguirá até dezembro, levará mais de 1.500 atrações gratuitas para quase 150 locais em diferentes bairros da cidade de São Paulo. A programação, apresentada em entrevista coletiva nesta quarta-feira (30), contará com shows musicais, peças teatrais, exibições de cinema, espetáculos de dança, apresentações circenses, infantis e atividades literárias para todas as idades e estilos. Confira a programação completa

“Uma das grandes demandas da cultura na cidade era a descentralização, que as atividades não aconteçam só no centro e que sejam o ano todo. Essa era a demanda dos coletivos de cultura há dois anos, e a realização do Circuito é a expressão de um projeto que vai ao encontro dessa demanda”, afirmou prefeito Fernando Haddad.

Além das apresentações em teatros, bibliotecas, pontos de leitura e centros culturais e também em oito parques municipais, como aconteceu na primeira etapa, as novidades serão as atividades nos 46 Centros Educacionais Unificados (CEUs) e cinco palcos externos que serão montados nos bairros, descentralizando a programação musical. As 17 casas de cultura também terão atrações do Circuito.

“É o maior circuito cultural que existe na cidade. À medida em que a gente vai organizando a programação, percebe que a ação da secretaria e da Prefeitura tem uma abrangência que nenhuma outra programação tem, seja pela cobertura territorial ou pela diversidade das atrações em suas várias linguagens”, disse o secretário municipal de Cultura, Nabil Bonduki.

A primeira semana do Circuito contará com shows de Chico César, Marcos Valle e Jerry Adriani. Além deles, Fafá de Belém, Elza Soares, Zeca Baleiro, Gabriel O Pensador e Eduardo Dussek também se apresentarão gratuitamente até o fim do ano. A programação de dança começa nesta quinta (1º), com o espetáculo “Sem conservantes”, na Sala Paissandu. Entre as atrações de teatro, está a peça “Folias Galileu”, da premiada companhia Folias d'Arte, que fará um circuito de apresentações em dez CEUs da cidade. 

Os fãs de histórias em quadrinhos poderão participar de oficinas em 22 espaços públicos que acontecerão até 19 de dezembro, com encerramento na Praça das Artes. Na Biblioteca Monteiro Lobato, no centro, segue a programação regular de cinema às terças-feiras. Entre os filmes que serão exibidos estão “O menino e o mundo”, de Ale Abreu, e “Zarafa” de Rémi Bezançon e Jean-Christophe Lie. O circuito também contará com o lançamento de filmes paulistas inéditos que fazem parte do circuito da empresa pública de fomento do audiovisual, Spcine, entre eles, “Aqui deste lugar”, de Sérgio Machado.  

“A curadoria fez muita escuta local e ela [a programação] é reflexo do que a população de cada região estava pedindo”, afirmou a coordenadora de programação da Secretaria Municipal de Cultura, Gabriela Fontana.

No primeiro semestre deste ano, a Secretaria Municipal de Cultura investiu R$ 5,4 milhões em mais de 1.000 atividades culturais. Nesta segunda fase do programa, que seguirá até dezembro, são 1.500 atividades com um orçamento de R$ 7 milhões. O circuito foi ampliado após a primeira experiência no ano passado, que proporcionou um aumento de 42% do público nos equipamentos de cultura, com mais de 1.000 atrações que reuniram cerca de 1 milhão de pessoas ao longo de 2014.

“Hoje, o Circuito tem um investimento maior que o da Virada Cultural, que foi R$ 7 milhões, enquanto o investimento anual no Circuito vai ser de R$ 13 milhões, praticamente o dobro. Nada contra a Virada, mas o Circuito tem a vantagem de acontecer na cidade inteira e no ano todo. Isso facilita muito o acesso de quem não tem disposição de vir em um dia específico virar a noite no Centro”, disse o prefeito.

Infantil
Em parceria com o São Paulo Carinhosa, política municipal para a primeira infância, o Circuito Municipal de Cultura celebrará o Mês da Criança com diversas atividades, entre elas a “Viradinha”. Nos moldes da programação infantil realizada nas duas últimas edições da Virada Cultural, shows musicais, circo, oficinas e outras atividades com foco em vivência e ocupação dos espaços públicos chegarão a 18 bairros periféricos da cidade. Artistas como o grupo Pequeno Cidadão e a Cia. Pia Fraus estarão na programação que promete animar crianças e bebês.

A programação também fará referência aos 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e os 80 anos da Educação Infantil em São Paulo. Cerca de 30% das atividades são voltadas ao público infantil, em especial, as crianças em maior situação de vulnerabilidade. 

“A experiência tem sido muito interessante no sentido de que espaços que originalmente eram ocupados por uma programação adulta têm sido destinados a programação infantil. A Praça das Artes é um exemplo, e a gente tem conseguido, junto com a programação, montar atividades interativas, espaços com infraestrutura para famílias que estão com bebê e crianças de várias idades”, afirmou a coordenadora do São Paulo Carinhosa e primeira-dama, Ana Estela Haddad.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais