Prefeitura no Bairro chega pela segunda vez à Brasilândia para beneficiar os jardins Damasceno e Paraná

Compartilhar

 

A segunda rodada do programa Prefeitura no Bairro na Brasilândia, zona norte, beneficiará nesta semana os jardins Damasceno e Paraná. Todos os serviços e a programação de atividades que serão realizados no Parque Linear do Canivete foram planejadas de maneira participativa, em diálogo entre a subprefeitura Freguesia/Brasilândia e a comunidade. A ação integrada beneficiará cerca de 20 mil pessoas.

“A Prefeitura no Bairro é isso: aproximar os órgãos da prefeitura das comunidades que mais precisam da prefeitura. Aqui é uma segunda etapa desse programa. O poder não pode ficar distante, de difícil acesso. Os secretários vêm aqui para ouvir o povo e suas lideranças. Outra coisa importante é eliminar a burocracia. Nas tendas as equipes buscam acelerar as soluções das demandas da comunidade”, afirmou o secretário Simão Pedro (Serviços) na abertura da ação, nesta segunda-feira (5).

Para aprimorar os resultados da iniciativa, a subprefeitura organizou discussões para planejar as atividades. Após reunião com a comunidade, em julho, foi formada uma comissão responsável por mapear as principais necessidades da região e delimitar prioridades para os trabalhos. Foram feitas 15 visitas e inspeções, inclusive com secretários, para dar um melhor encaminhamento das demandas. A programação final foi avaliada em audiência pública na sede da subprefeitura.

“Nós sabemos que para conhecer a fundo os problemas de qualquer comunidade é preciso conversar com as pessoas que enfrentam as carências no dia-a-dia. Recebemos entidades e moradores em nosso gabinete, levantamos as demandas protocoladas na subprefeitura e, na semana passada, fizemos a audiência pública”, disse o subprefeito Alexandre Moratore (Freguesia/Brasilândia). A primeira edição do Prefeitura no Bairro na Brasilândia aconteceu em maio, no Jardim Elisa Maria, onde mais de 10 mil pessoas participaram e utilizaram os serviços prestados.

Um dos destaques da programação desta semana é a realização de atividades culturais, em parceria com o Centro de Educação Unificada Paz, a Casa de Cultura da Brasilândia e a Associação Cultural Jardim Damasceno. A população poderá participar de apresentações de teatro e música no parque linear, além de oficinas de artesanato. “A administração só avança quando constrói em conjunto com a população local. Por isso os moradores trabalham em diálogo com o poder público. O exemplo disso são atividades do espaço cultural do Jardim Damasceno”, disse a líder comunitária Noêmia de Oliveira Mendonça.

As ações de zeladoria do programa serão realizadas nos entornos das avenidas Cantídio Sampaio, Hugo Ítalo Merigo, Ayrton Senna e Daniel Cerri. Ao longo da semana, o parque linear do Canivete será iluminado. A região também receberá dois novos contêineres para coleta de lixo e 40 ações de sinalização da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Durante toda a semana, a subprefeitura irá intensificar os serviços de zeladoria dos bairros, com capinação, varrição, pintura de guias, cata-bagulho, tapa-buraco, limpeza de bocas de lobo e córregos, conservação de áreas verdes, poda de árvores e manutenção de passeios, vielas, guias, sarjetas, galerias de águas pluviais e sistema de drenagem.

A tendas de atendimento instaladas no parque oferecem serviços de saúde, assistência social, educação e direitos humanos, entre outros. O programa também oferece serviços de emissão de carteira de trabalho pela unidade móvel do Centro de Apoio ao Trabalhador (CAT) e orientações para quem quiser abrir seu próprio negócio pelo Micro Empreendedor Individual (MEI).

Edições anteriores

A última edição do Prefeitura no Bairro aconteceu no Rio Pequeno, no Butantã. Edições anteriores do programa foram realizadas em Cidade Tiradentes, na zona leste; Lauzane Paulista, zona norte; São Miguel Paulista, na zona leste; no Jabaquara, zona sul; em Perus, zona norte; Ermelino Matarazzo, na zona leste; no Jaguaré, zona oeste; na Vila Prado, zona norte; no Jardim Flor de Maio, na zona norte; em Sapopemba e Guaianases, na zona leste; no Capão Redondo, zona sul; na Vila Medeiros, zona norte; em Pedreira, zona sul; na Parada de Taipas, zona norte; no Conjunto José Bonifácio, em Itaquera, zona leste; no Jardim Ângela, em M’Boi Mirim, zona sul; no Jardim Elisa Maria, Brasilândia, zona norte; no Iguatemi, em São Mateus, zona leste; no distrito Raposo Tavares, no Butantã, zona oeste; no Jardim das Oliveiras e Jardim Miliunas, no Itaim Paulista, zona leste;  no Grajaú, zona sul; e na Vila Brasilina, no Ipiranga, zona sul. O critério para a escolha dos bairros é baseado em indicadores de vulnerabilidade e demanda por serviços públicos.

Agenda da 2ª fase do programa

Em função dos feriados, as ações nas regiões de Capela do Socorro e São Mateus começarão excepcionalmente na terça-feira. As praças de atendimento nas regiões abaixo ficarão instaladas por uma semana.

- 13 de outubro: São Mateus

- 19 de outubro: M’ Boi Mirim

- 3 de novembro: Campo Limpo

 

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais