Haddad inaugura Centro Público de Direitos Humanos e Economia Solidária e Incubadora Pública de Empreendimentos Econômicos Solidários

Compartilhar

 

Evento será realizado nesta sexta-feira, dia 6, às 14h, no Cambuci, na rua Otto de Alencar, 270 e contará com palestra de Paul Singer, sobre Desafios e Perspectivas da Economia Solidária no Brasil.

O fortalecimento da economia solidária como instrumento econômico de desenvolvimento da cidade de São Paulo, com a possibilidade de se fazer negócios de forma coletiva e autogestionária, está entre os objetivos das secretarias do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE) e de Direitos Humanos e Cidadania (SDHC) que inauguram nesta sexta, 6, o Centro Público de Direitos Humanos e Economia Solidária e a Incubadora Pública de Empreendimentos Econômicos Solidários, na rua Otto de Alencar, 270, Cambuci.

A inauguração será às 14h e contará com a presença dos secretários municipais Artur Henrique (SDTE) e Eduardo Suplicy (SDHC), além de representantes dos governos municipal e federal. Após a cerimonia de abertura, haverá palestra sobre os Desafios e Perspectivas da Economia Solidária no Brasil, ministrada pelo Secretário Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Previdência, Paul Singer.

A partir das 10h, todos os cidadãos e empreendimentos envolvidos no Projeto Economia Solidária como Estratégia de Desenvolvimento – Costura, Artesanato, Cooperativismo Social, Ecoturismo, Alimentação e Economia das Culturas Criativa – terão seus produtos em exposição e realizarão workshops e oficinas, abertas ao público em geral. Também haverá, durante todo o evento, intervenções artísticas dos empreendimentos culturais, com apresentação de grafite, música e dança.

Incubadora Pública: Com o objetivo de fomentar a criação, consolidação e a expansão de grupos e iniciativas para a geração de trabalho e renda, a incubadora é pautada pelos valores e princípios do cooperativismo e economia solidária. O espaço é destinado a fomentar processos de incubação, de apoio à organização, consolidação e sustentabilidade de empreendimentos econômicos solidários, por meio de capacitação técnica, tecnológica e profissional.

Segundo o secretário Artur Henrique, a incubadora visa integrar e articular diversas iniciativas dispersas pela cidade em um mesmo local, que oferecerá suporte técnico, jurídico, capacitação e financiamento por meio de microcrédito.

“Com foco em economia solidária, os projetos, propostas e plantas produtivas poderão ser estruturados como cooperativa ou em rede, para comercializar seus produtos. Além dessa iniciativa intersecretarial, estamos preparando um decreto permitindo que as compras públicas do município também possam ser feitas junto a empreendimentos da economia solidária, com isso damos continuidade ao modelo de desenvolvimento, implantado pelo prefeito Fernando Haddad, que visa fortalecer as micros e pequenas empresas e o desenvolvimento local”.

Centro Público: Com o objetivo de articular e potencializar as iniciativas de fomento à economia solidária, direitos humanos e trabalho decente no município de São Paulo, o Centro Público realizará eventos, oficinas, seminários e atividades culturais que fortaleçam a interlocução entre os referidos empreendimentos e a sociedade. Também tem entre os objetivos, a inclusão social e profissional de grupos em situação de vulnerabilidade, em especial para grupos LGBT, população em situação de rua, mulheres, juventude, migrantes, imigrantes e idosos.

“Políticas públicas de economia solidária estão entre os instrumentos econômicos e sociais que podem conferir maior dignidade aos seus beneficiários”, salienta o secretário Eduardo Suplicy.
Siga a SDTE nas redes sociais

Fonte: Prefeitura de SP

Foto de Joao Bravin.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais