Semana da Consciência Negra terá mais de 40 atividades no centro

Compartilhar

 

Entre os dias 16 a 20 de novembro, o Largo do Paissandu e o Vale do Anhangabaú, no centro da cidade, receberão mais de 40 atividades culturais gratuitas da programação da Semana da Consciência Negra em São Paulo. O evento contará com debates, seminários, artesanato, gastronomia e manifestações religiosas, além de shows musicais e prestação de serviços à população paulistana.

Promovida pela Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial, a programação está organizada a partir de três eixos. No eixo da Cidadania, serão oferecidos serviços de emissão de documentos, consultoria sobre discriminação racial e de gênero, saúde e beleza. No eixo de Empreendedorismo, o destaque ficará com a Feira Étnico-racial, que ficará montada no Largo do Paissandu e terá estandes de comidas típicas, produtos e acessórios da cultura afro-brasileira até o dia 24. Na área de Cultura, a programação conta com apresentações de grupos artísticos, performances e debates.


Com o tema “Consciência Negra e Inclusão – Rumo ao Centenário do Samba”, a programação também vai antecipar as comemorações dos 100 anos do registro do primeiro samba gravado em disco no Brasil –“Pelo Telefone”, de Donga e Mario Almeida, datado de 27 de novembro de 1916. Como destaque da programação musical, estão apresentações de grandes artistas como Alcione, Jorge Aragão, Chico César e Arlindo Cruz, que agitarão o público durante toda a semana, além de Paula Lima, Zezé Motta e Anelis, que se apresentam na Praça das Artes na segunda-feira (16), às 17h, na abertura da Semana da Consciência. Os rappers Dexter e Rappin Hood sobem ao palco no dia 19, no Largo do Paissandu.

Além dos shows, a Semana da Consciência Negra contará ainda com uma série de seminários relacionados à população afro-brasileira. No dia 16, acontece na Praça das Artes o seminário “Cotistas e Formação de Professores”, a partir das 9h. No dia 17, o tema será “Mulheres Negras: Luta e Resistência”, na sede da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, no Anhangabau. No mesmo espaço, no dia 18, será realizado o seminário “Educação Financeira e Inclusão”; e, no dia 19, a discussão com o tema “Juventude Negra”. No dia 24, excepcionalmente, acontece o seminário “Novas Mídias e a Questão Racial”.

Dados da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial, contidos no portal São Paulo Diverso, apontam que, apesar de os afrodescendentes constituírem 37% da população da cidade, 84,4% do total de estudantes que declararam haver concluído o ensino superior eram brancos, e apenas 15,6% eram negros. Já no mercado de trabalho, a taxa de desocupação era de 6,3% entre brancos e de 9,1% entre afrodescendentes. Para mulheres negras, essa taxa era ainda maior: 11,3%.

As diferenças raciais são ainda maiores para jovens de 15 a 24 anos. Entre os jovens de cor branca, o desemprego estava em 14,7%, subindo para 18,8% entre os negros e para 22,3% entre as mulheres jovens e negras. No mesmo ano, o rendimento médio de homens brancos era mais que o dobro do que o de homens negros, enquanto mulheres brancas ganhavam quase três vezes mais que as mulheres negras.


Além disso, no dia 20, às 10h, a programação da Semana da Consciência Negra continua com a celebração da Missa Afro, por Dom Eduardo Vieira dos Santos, em frente à Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, no Paissandu. Dom Eduardo é o primeiro bispo negro do Estado de São Paulo, e a missa contará com a participação de 400 membros das irmandades negras de São Benedito e do Rosário. A programação ainda conta com um sarau com Alexandre Buzzo, no dia 19, na Galeria Olido, em frente ao Paissandu.

Confira a programação completa

Ações

A Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial, em conjunto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem aproximado gestores públicos, grandes empresas e empreendedores para discutir ações afirmativas e desenvolvimento econômico inclusivo.

O trabalho motivou o Fórum São Paulo Diverso, que neste ano teve a sua segunda edição realizada no dia 5 de novembro, no auditório Elis Regina (Anhembi). O evento contou com as presenças de representantes e presidentes de empresas como Grupo Carrefour, Bayer Brasil, Du Pont Brasil, IBM, BASF, Banco Itaú, entre outros. Com o tema “Investindo na igualdade de oportunidades para descobrir talentos”, o fórum teve o objetivo de fomentar a ampliação da oferta de empregos e a criação de novos negócios entre a população afrodescendente

Em 2014, o setor público federal implementou cota de 20% para negros nos concursos públicos federais. O mesmo já havia sido feito em 2013 pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Lei nº 15.939/13. Nos últimos dois anos, mais de 1.000 servidores entraram na Prefeitura por meio das cotas e em posições estratégicas, como procuradores, contadores, professores e auditores fiscais.

Criada em 2013, a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial tem a finalidade de formular, coordenar e articular políticas e diretrizes para a promoção da igualdade racial e avaliação das políticas públicas de ação afirmativa, com ênfase na população negra. A política de ação afirmativa é o instrumento por meio do qual se busca a promoção dos direitos dos indivíduos e grupos étnico-raciais que sofreram injustiças históricas e, ainda hoje, sofrem com desigualdades sociais motivadas pela discriminação racial e demais formas de intolerância.

Dia da Consciência Negra
A celebração do dia 20 de novembro, data da morte do líder negro Zumbi dos Palmares, em 1695, é uma das principais vitórias do movimento negro de luta contra o racismo no Brasil. A data foi criada em 2003 e instituída em âmbito nacional em 2011, pela Lei 12.519.  É feriado em mais de mil cidades e nos Estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro. No Brasil, mais da metade da população (50,7%) é preta e parda, de acordo com dados de 2010 do IBGE.

Fonte: Prefeitura de SP- Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais