Haddad dobra média de cirurgias em Hospital-dia do Itaim Paulista

Compartilhar

 

 

O hospital-dia da Rede Hora Certa Itaim Paulista, na zona leste, dobrou a média mensal de cirurgias realizadas na unidade. Em comparação com 2014, o atendimento passou de 42 para 87 procedimentos por mês. O prefeito Fernando Haddad visitou nesta sexta-feira (13) o equipamento e conheceu as melhorias de gestão que possibilitaram a ampliação do serviço.

A unidade integra o plano Mais Cirurgia, Menos Tempo de Espera, que vai ampliar em 183% a realização de cirurgias de média complexidade em toda a cidade. Os avanços do hospital-dia foram obtidos com a reorganização das vagas por meio da remodelação do fluxo de atendimento e da estruturação das equipes.

“O hospital-dia na periferia do Itaim Paulista está mostrando que estamos fazendo a fila andar. A reorganização do trabalho das equipes, da agenda dos médicos, fez com que em outubro a gente mais do que dobrasse a média de cirurgias”, explicou o secretário Alexandre Padilha (Saúde).

O equipamento conta com centro cirúrgico com duas salas de cirurgia e espaços de preparo e de recuperação anestésica. A infraestrutura permite a realização de cirurgias de pequeno e médio porte, com internação de até 12 horas. Inaugurada no final de 2013, a unidade já realizou 1.120 cirurgias, sendo 569 procedimentos urológicos, 167 pediátricos, 98 ortopédicos, 113 vasculares e 173 cirurgias gerais. Além disso, ofereceu em quase dois anos de funcionamento 60 mil consultas em 15 especialidades e cerca de 45 mil exames de apoio diagnóstico. O atendimento é gerenciado pela Santa Marcelina.

A abertura de hospitais-dia possibilita o atendimento de casos menos graves nos próprios bairros, liberando leitos hospitalares para casos de alta gravidade, urgência e emergência. Atualmente, a cidade conta com oito unidades da rede Hora Certa e cinco equipamentos móveis. “Até fevereiro do ano que vem vamos colocar mais de 20 hospitais-dia na periferia de São Paulo. Até junho de 2016 serão 30 equipamentos como este em funcionamento”, disse Padilha.

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais