Participe da eleição do Conselho Participativo no próximo domingo, dia 06

Compartilhar

 

O processo eleitoral para o período 2016-2018 acontece nas 32 subprefeituras da cidade. Serão eleitos 1162 conselheiros, com mandato a partir de janeiro de 2016.

 Os paulistanos escolherão em 6 de dezembro os representantes para o segundo biênio do Conselho Participativo Municipal. O processo eleitoral para o período 2016-2018 acontece nas 32 subprefeituras da cidade. Serão eleitos 1162 conselheiros, com mandato a partir de janeiro de 2016.

Os candidatos serão eleitos por voto direto e não obrigatório para todas as pessoas com mais de 16 anos e portadoras de título de eleitor da capital. Os eleitores também poderão votar com um documento de identificação com foto expedido por órgão público. Os eleitores poderão votar em até cinco conselheiros, sendo que a escolha poderá ser feita em candidatos de diferentes regiões.

O Conselho Participativo Municipal é um organismo autônomo da sociedade civil, reconhecido pela Prefeitura de São Paulo como instância de representação popular de cada uma das 32 subprefeituras da cidade. Os conselheiros eleitos exercem o direito de fiscalizar e acompanhar as ações e gastos públicos de cada subprefeitura e das secretarias, como também representar demandas, necessidades e prioridades da população na área de sua abrangência.
O segundo mandato do Conselho Participativo Municipal terá a participação de, no mínimo, 50% de mulheres em sua composição, garantida por lei sancionada pelo prefeito Fernando Haddad.

Os imigrantes também terão uma cadeira garantida em cada uma das 32 subprefeituras de cidade. Os eleitores imigrantes também votarão no dia 6 de dezembro, com o local de votação restrito as subprefeituras de cada um dos 32 distritos.
Atendendo a um pedido dos conselheiros, os eleitos para o próximo mandato terão direito ao bilhete único gratuito, que deverá auxiliar os conselheiros nas tarefas de acompanhar reuniões e nas ações de fiscalização e acompanhamento dos serviços públicos.

O secretário municipal de Relações Governamentais, José Américo Dias, reforçou a importância dos conselheiros participativos na consolidação da participação popular como política de governo. “A população, por intermédio do conselho, acompanha, fiscaliza e principalmente ajuda na escolha dos investimentos públicos. É a forma mais democrática de aplicarmos os recursos da Prefeitura, com o local sendo apontado após uma ampla participação popular”, ressaltou o secretário.


LOCAIS DE VOTAÇÃO - O local de votação é diferente das eleições majoritárias e proporcionais organizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Os eleitores poderão consultar os locais de votação digitando o título de eleitor no endereço eletrônico www.conselhoparticipativo.prefeitura.sp.gov.br

 

Clique aqui para consultar os locais de votação. (Atualizado em 27/11/2015)

Com o número do título de eleitor, consulte aqui seu local de votação.


A relação dos pontos de votação também estará acessível nos murais das subprefeituras, como ainda nos sites de cada uma delas. A lista dos locais de votação, divididas por zonas eleitorais, foi publicada na edição do dia 17 de novembro, nas páginas 43 a 57, do Diário Oficial da Cidade de São Paulo.


A eleição para o segundo mandato do Conselho Participativo Municipal terá 2.581 candidatos no total, sendo 93 imigrantes.

 

Confira aqui a lista de candidatos.

 

Informações:

Alexssander Soares
Secretaria Municipal de Relações Governamentais
Fones: 3113-8266
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Fonte: Secretaria de Relações Governamentais - Prefeitura de SP

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais