Gestão Haddad: Parque Novo Mundo ganhará novo Território CEU

Compartilhar

O prefeito Fernando Haddad visitou nesta terça-feira (15) as obras do Território CEU Novo Mundo, na zona norte. O Centro Educacional Unificado em construção integra a primeira etapa da expansão da rede, que inclui a abertura de oito novos equipamentos. No total, a unidade terá 11.700 metros quadrados de área construída. Os blocos de atividades serão integrados ao bairro por uma praça aberta e intervenção paisagística.

 

“Vamos beneficiar todo um bairro, com 40 mil pessoas, dando aquilo que é de direito em uma cidade: cultura, esporte, lazer, educação, assistência, geração de emprego. Isso tudo muda a cara de São Paulo para melhor”, afirmou Haddad.

 

O centro abrigará um novo Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) com capacidade de atender 508 crianças de zero a cinco anos. Oferecerá uma piscina externa semiolímpica e uma piscina infantil, além de quadra poliesportiva externa. No setor de cultura, haverá biblioteca, teatro integrado a sala de cinema, estúdio de gravação, oficina digital e espaços para música e para artes. A comunidade terá acesso ainda a formação pela Universidade Aberta do Brasil (UAB) e pelo Pronatec.

 

“Este projeto mostra a nova visão que temos da educação, que é cuidar da criança de uma forma integral e de sua família, com as fragilidades que pode ter. Por isso o esporte e a cultura também são tão importantes, para cuidar das pessoas”, disse o secretário Gabriel Chalita (Educação).

 

Uma das novidades dos novos CEUs em construção é a inclusão de um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). “O CRAS tem que estar integrado ao CEU porque os meninos e as meninas que vão frequentar este espaço são os mesmos cujas famílias atendemos na assistência social. A ideia é que quando um aluno começa a faltar, ou apresente algum problema, imediatamente o CRAS seja acionado pelos professores, para buscar essa família e buscar o que está acontecendo”, explicou a secretária Luciana Temer (Assistência Social).

 

O novo CEU será instalado em uma área que antes abrigava uma fábrica de caixões do Serviço Funerário do Município, desativada há mais de 20 anos. Todas os galpões serão demolidos para a construção do CEU. A previsão que as obras levem cerca de um ano.

 

Como parte do projeto Território CEU, o bairro receberá 18.400 metros quadrados de paisagismo, incluindo arborização, novo mobiliário urbano, alargamento de calçadas, nova iluminação e criação de circuito de caminhada e ciclovia. As ruas do entorno também passarão por redução da velocidade máxima permitida, para tornar mais segura a circulação de crianças pela área.

 

A intervenção integrará a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Profª Edalzir Sampaio Liporoni e as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Edalzir Sampaio Liporoni e General Paulo Carneiro Thomaz Alves, além do Centro de Educação Infantil Cidade Nova – Parque Novo Mundo.

 

O projeto foi concebido a partir de oficinas com a comunidade, no Laboratório CEU. “Foi aqui que começamos a desenvolver uma série de novas formas de pensar o Território CEU. Veio aqui um laboratório móvel para entender o que de fato é importante, para fazer o que é a essência deste novo CEU, que é relacionar os equipamentos à comunidade que está em volta”, disse o secretário Fernando Mello Franco (Desenvolvimento Urbano).

 

O Território CEU receberá investimentos de mais de R$ 40,5 milhões, sendo R$ 16,3 provenientes de uma parceria com o Ministério da Educação do governo federal.

 

Expansão da Rede CEU

A Prefeitura de São Paulo iniciou na última semana as obras de construção de oito novos CEUs. Além do CEU Novo Mundo, também foram iniciadas as construções de um equipamento na zona norte, na Freguesia do Ó, e outros seis na região leste, Carrão/Tatuapé, José de Anchieta, José Bonifácio/São Pedro, Parque do Carmo, São Miguel Paulista e Vila Prudente. O investimento total será de cerca de R$ 319,7 milhões, e a expectativa é que todos sejam entregues em, no máximo, 12 meses. O primeiro equipamento da gestão foi inaugurado em abril, no bairro de Heliópolis.

 

Atualmente, a cidade conta com 46 CEUs, todos equipados com quadras poliesportivas, playground, teatro, piscinas, bibliotecas, área de informática e espaços para oficinas. Estão planejadas mais três fases de obras, que totalizarão 21 novos CEUs na cidade.

Fonte: Prefeitura de SP- Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais