PT ressalta importância do processo eleitoral de 2016

Compartilhar

 

A conjuntura política e o processo eleitoral deste ano foram temas da reunião do PT com a bancada de vereadores e representantes da gestão Haddad. A reunião aconteceu nesta segunda-feira (01/02) na sede do diretório Municipal do PT-SP, no centro.

Os presidentes do PT nacional e estadual do partido, Rui Falcão e Emídio de Souza falaram sobre a atuação do partido no país e no estado e ressaltaram a relevância da cidade de São Paulo na disputa eleitoral de 2016.

Durante a reunião foi destacado a necessidade de municiar o militante sobre os temas impostos pela grande imprensa, mas também de saber colocar em diálogo com a população assuntos importantes do cotidiano, questões próprias da cidade de São Paulo.

O secretário municipal de Relações Governamentais, José Américo, mencionou conquistas da gestão Haddad que precisam ser percebidas pela população. Leonardo Osvaldo Barchini Rosa secretário de Relações Internacionais também falou sobre a necessidade da militância se apropriar do que tem sido realizado pela gestão. Como, por exemplo, a criação dos Hospitais Dia, ampliação do número de vagas nas creches, a ampliação do Passe Livre para estudantes e idosos; a implantação dos corredores de ônibus, a criação das universidades nos CEUs, a apropriação dos espaços públicos com a abertura de vias para o lazer, entre outras conquistas.

As mudanças no processo eleitoral, o financiamento da campanha, a política de alianças, o fortalecimento da bancada de vereadores do PT e a questão da comunicação foram temas discutidos na reunião. Entre as ações previstas para o ano estão a realização das plenárias de prestação de contas da gestão Haddad para militância e a formação de um núcleo de debate eleitoral.

Além da presença do presidente nacional e estadual do partido Rui Falcão e Emídio de Souza, a reunião chamada pelo presidente do PT da capital, Paulo Fiorilo e pela executiva municipal, contou também com a participação dos vereadores Antônio Donato, Juliana Cardoso, Alfredo Cavalcanti, Paulo Reis, Senival Moura, Alessandro Guedis, Vavá; representando a gestão Haddad estavam o secretário de Relações Governamentais, José Américo e o secretário de Relações Internacionais e Federativas, Leonardo Osvaldo Barchini Rosa.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais